Topo

São Paulo tenta dar troco no Bahia, que mudou rumo do time paulista no ano

Técnico Fernando Diniz conversa com Hernanes durante treino do São Paulo - Érico Leonan / saopaulofc.net
Técnico Fernando Diniz conversa com Hernanes durante treino do São Paulo Imagem: Érico Leonan / saopaulofc.net

Arthur Sandes e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

09/10/2019 04h00

O São Paulo conhece bem o adversário de hoje (9), a partir das 21h, na Fonte Nova, em Salvador, pelo Campeonato Brasileiro. Pela quarta vez em 2019, o time do Morumbi enfrenta o Bahia. E o retrospecto não é favorável aos paulistas, que viram o rumo de sua temporada mudar após a série de confrontos do primeiro semestre.

Nos três duelos deste ano, os baianos arrancaram um empate no Morumbi, pelo nacional de pontos corridos, e ganharam em duas oportunidades do time de Cuca na Copa do Brasil. A queda no torneio eliminatório gerou uma série de problemas para o Tricolor paulista.

O clube viu o seu caixa ficar mais vazio por causa destas derrotas. Segundo a previsão orçamentária apresentada no fim de 2018, o São Paulo projetava chegar ao menos até as quartas de final da Copa do Brasil. Por isso, a queda precoce representou cerca de R$ 5 milhões no cofre, entre premiação e bilheteria.

O time, por sua vez, estava embalado até enfrentar o Bahia pela primeira vez no Brasileiro. Depois de garantir vaga para a final do Campeonato Paulista e de se manter invicto nas quatro primeira rodadas do nacional (três vitorias e um empate), a equipe lutava pela liderança na classificação geral. O empate com o Bahia em pleno Morumbi, na época, frustrou a torcida e gerou críticas à equipe de Cuca.

Na sequência, os resultados negativos na Copa do Brasil tiraram ainda mais o moral do Tricolor. Para complicar ainda mais a situação, após o revés em Salvador, Cuca concedeu uma entrevista dizendo que uma reformulação no elenco deveria acontecer e que o fato de os jogadores supostamente saberem disso afetava no rendimento da equipe. Tal declaração não foi bem recebida pelo elenco e pela diretoria de futebol, que cobrou o treinador.

No dia seguinte ao jogo, Cuca pediu desculpas aos atletas, mas os resultados dentro de campo não foram os esperados. Algumas peças deixaram mesmo o clube nos meses seguintes, como Bruno Peres e Nenê. Cuca pediu demissão há duas semanas. Agora, com Fernando Diniz no comando, e novamente contra o Bahia, o São Paulo tenta se reencontrar em 2019.

Ficha técnica

Bahia x São Paulo

Data: 9 de outubro de 2019, quarta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Local: Arena Fonte Nova, em Competição: Campeonato Brasileiro, 24ª rodada
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Thiaggo Americano Labes e Johnny Barros de Oliveira (ambos de SC)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e Ronaldo; Artur, Elber e Gilberto. Técnico: Roger Machado.

São Paulo: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan; Tchê Tchê, Hernanes, Igor Gomes e Vitor Bueno (Alexandre Pato); Pablo. Técnico: Fernando Diniz.