Topo

Di Santo pede passagem e deve tomar vaga de Ricardo Oliveira no Atlético-MG

Di Santo em ação pelo Atlético-MG; jogador tem aproveitado bem as oportunidades e deve ser titular - Bruno Cantini/Atlético
Di Santo em ação pelo Atlético-MG; jogador tem aproveitado bem as oportunidades e deve ser titular Imagem: Bruno Cantini/Atlético

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

16/09/2019 04h00

Ricardo Oliveira só fez um gol nos últimos 21 jogos disputados com a camisa do Atlético-MG. A fase ruim do atacante deve fazer com que o recém-chegado Franco Di Santo ocupe o posto de centroavante titular na partida de quinta-feira, contra o Colón, pela Copa Sul-Americana. Na derrota por 3 a 1 para o Internacional, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o argentino entrou pela terceira vez no time, mas fez o suficiente para convencer Rodrigo Santana.

"Há grandes possibilidades de o Franco estar jogando na quinta-feira. O Franco tinha feito poucos minutos no Rio de Janeiro [derrota para o Botafogo] e foi feliz. Entrou bem hoje [contra o Inter] mais uma vez, jogou um tempo todo, de 45 minutos. A gente viu que o nível dele já está apto a fazer 90 minutos", afirmou Rodrigo.

"A gente vai dando a confiança para o jogador aos poucos. Hoje, ele teve um tempo bom, com bastante mobilidade, roubou bola, brigou, teve presença de área. Isso nos ajuda bastante a termos confiança de colocar ele para iniciar jogando", concluiu o treinador.

Na partida contra o Botafogo, também pelo Brasileirão, Di Franco entrou em campo para fazer o gol de honra do Galo. Contra o Inter, ele só não repetiu o feito porque parou em excelente defesa de Danilo Fernandes no segundo tempo. Por outro lado, Ricardo Oliveira pouco apareceu enquanto esteve em campo. Tentou contribuir na organização das jogadas, mas não teve sucesso e recebeu pouquíssimas bolas para finalizar.

O Galo enfrenta o Colón às 21h30 da próxima quinta-feira, no jogo de ida da semifinal da Sul-Americana. O duelo será disputado no estádio Cemitério dos Elefantes, em Santa Fé. A partida da volta está marcada para o Mineirão, no dia 26, e já tem mais de 37 mil torcedores garantidos.