PUBLICIDADE
Topo

Pole Position

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Ir para cima ou esperar domingo? Pilotos enfrentam dilema antes do sprint

Verstappen e Hamilton durante evento em Silverstone, palco da etapa deste fim de semana da F1 -  Lars Baron/Red Bull Content Pool
Verstappen e Hamilton durante evento em Silverstone, palco da etapa deste fim de semana da F1 Imagem: Lars Baron/Red Bull Content Pool
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

16/07/2021 04h00

Os pilotos estão divididos em relação à abordagem que vão ter na estreia do sprint, uma corrida de apenas 17 voltas e sem pit stops que vai definir o grid de largada para o GP da Grã-Bretanha, neste fim de semana. De um lado, o líder do campeonato, Max Verstappen, diz que vai para cima também na sessão que será realizada no sábado. Sabendo que muito provavelmente estará no meio do pelotão com a Aston Martin, Sebastian Vettel está no time dos mais cautelosos.

A novidade vai funcionar da seguinte forma: nesta sexta-feira, a partir das 14h (de Brasília), os pilotos farão uma sessão de classificação comum, dividida em três partes. Ela vai definir o grid para o sprint, que será disputado a partir das 12h30 do sábado. É o resultado desta mini-corrida que vai determinar o grid para o GP, ou seja, quem abandonar, vai largar nas últimas posições, como lembrou Vettel.

"Não sei se vou forçar da mesma forma que na corrida, depende dos espaços que existirem. Se todos forem para o lado, eu vou tentar passar com certeza. Não há diferença. Você aproveita as oportunidades na primeira volta para ganhar posições. Às vezes funciona, às vezes não. Mas acho que o principal é terminar a corrida, caso contrário você larga em último no domingo."

Sabendo que deve largar nas primeiras posições, depois de vencer as três últimas etapas, Verstappen prefere ter uma postura mais agressiva, até para contrastar com seu rival, Lewis Hamilton, que já disse esperar uma corrida mais cautelosa no sábado.

"A abordagem será a mesma da corrida principal", disse Verstappen. "Você tenta vencer, é claro, e se não der, tenta consolidar seu resultado. E também tenta não marcar zero pontos! São três pontos a mais, então, você definitivamente vai tentar ganhar, mesmo que a corrida principal continue sendo a do domingo. Mas primeiro vamos ver o que acontece antes de julgar o formato."

O sprint vai dar três pontos para o primeiro colocado, dois para o segundo e um para o terceiro. Mas antes da novidade, que está sendo testada em Silverstone e voltará a ser usada em duas outras provas ao longo do ano, os pilotos terão de passar por uma sexta-feira bastante diferente em relação ao que estão acostumados: eles terão apenas um treino livre de uma hora antes de fazer a classificação para o sprint.

"Vai ser bem diferente", admitiu Charles Leclerc. "Nós repassamos o programa do fim de semana e será bem diferente do que estamos acostumados. E a primeira sessão de treinos livres será crucial. Acho que será uma sessão bem movimentada, tentando entender o carro e conseguir a melhor configuração para o fim de semana. Esse é um dos nossos pontos fortes, somos muito bons em preparar o carro, então, tomara que isso possa ser uma vantagem para nós."

O campeonato da Fórmula 1 está chegando à décima etapa com Verstappen 32 pontos à frente de Hamilton, que terá novidades em sua Mercedes neste fim de semana. Perguntado sobre a extensão do pacote de mudanças, seu companheiro, Valtteri Bottas, disse que não é "nem uma mudança tão grande, nem tão pequena".