PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Pole Position


Stroll faz melhor tempo dos treinos na Inglaterra e Vettel tem problemas

Lance Stroll, da Racing Point, durante treino livre em Silverstone - Divulgação/Racing Point
Lance Stroll, da Racing Point, durante treino livre em Silverstone Imagem: Divulgação/Racing Point
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

31/07/2020 12h29

O canadense Lance Stroll, da Racing Point, liderou pela primeira vez um treino livre em sua carreira na Fórmula 1 ao fazer o tempo de 1min27s274 na segunda sessão disputada no circuito de Silverstone, na Inglaterra, que recebe a quarta corrida da temporada. A bordo da "Mercedes rosa", como o carro tem sido apelidado por conta da semelhança ao modelo dos atuais campeões, foi apenas 90 milésimos mais veloz que Alex Albon, da Red Bull, que logo depois acabou roubando a cena ao bater forte após perder a traseira do carro na curva Stowe. A terceira posição ficou com Valtteri Bottas, da Mercedes, 0s157 mais lento que o líder.

Mas as atenções estiveram muito voltadas a Sebastian Vettel. O alemão da Ferrari não marcou tempo na primeira sessão porque sua equipe encontrou um problema no sistema de arrefecimento do motor e teve de abrir o carro para avaliar se era necessário trocar algum componente da unidade de potência. O problema foi solucionado sem trocas mas, quando voltou à pista, no segundo treino, ele sentiu um problema nos pedais. Depois de perder mais tempo de pista, Vettel finalmente conseguiu dar sua primeira volta lançada com menos de meia hora para o fim das atividades do dia. Com isso, ele perdeu 2h30 de treinos.

Para a sorte do alemão, os treinos livres de hoje não devem ser tão significativos. Isso porque é esperado que a temperatura caia bastante ao longo do final de semana. Em um dia atípico em Silverstone, os termômetros marcaram 36ºC e a pista chegou a quase 50ºC. Leclerc chegou a dizer que seu carro "estava pegando fogo", em sentido figurado, e de fato as diferenças pequenas de tempo entre os carros e surpresas como a Alfa Romeo no top 10 e o rendimento ruim da Mercedes indicam que nem todos buscaram as melhores marcas possíveis para a sexta-feira.

Tais condições não foram as mais tranquilas para o retorno de Nico Hulkenberg ao cockpit de um F1 depois de quase oito meses parado. O piloto foi chamado às pressas para substituir Sergio Perez, que está fora do GP da Grã-Bretanha depois de testar positivo para coronavírus na quinta-feira. Ele explicou que foi para o México depois do GP da Hungria visitar a mãe, que sofrera um acidente. Com a mesma "Mercedes rosa" do líder da sexta-feira, Hulkenberg foi o sétimo, ficando a 0s636 de Stroll.

O líder do campeonato, Lewis Hamilton, foi apenas o quinto, a três décimos de Stroll, e Max Verstappen, que liderou o primeiro treino, foi atrapalhado em sua volta mais rápida. Espera-se que as Mercedes retomem o domínio a partir do último treino livre antes da classificação, que começa às 7h da manhã do sábado, pelo horário de Brasília. A definição do grid é logo depois, a partir das 10h.

Confira a classificação do treino livre em Silverstone:
1º Lance Stroll - (CAN/Racing Point) 1min27s274
2º Alex Albon - (TAI/Red Bull) +0s090
Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) - +0s157
4º Charles Leclerc (MON/Ferrari) - +0s296
5º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - +0s307
6º Carlos Sainz (ESP/McLaren) - +0s546
7º Nico Hulkenberg (ALE/Racing Point) - +0s636
8º Pierre Gasly (FRA/AlphaTauri) - +0s723
9º Daniel Ricciardo (AUS/Renault) - +0s838
10º Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) - +0s885
11º Lando Norris (ING/McLaren) - +0s895
12º Esteban Ocon (FRA/Renault) - +0s945
13º Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) - +0s982
14º Max Verstappen (HOL/Red Bull) - +1s116
15º Daniil Kvyat (RUS/AlphaTauri) - +1s152
16º Romain Grosjean (FRA/Haas) - +1s290
17º George Russell (ING/Williams) - +1s497
18º Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - +1s586
19º Kevin Magnussen (DIN/Haas) - +1s624
20º Nicholas Latifi (CAN/Williams) - +2s684

Pole Position