PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Pole Position


Campeonato de filho de Rubinho e neto de Emerson reúne astros contra covid

Enzo Fittipaldi é um dos idealizadores do Desafio Virtual das Estrelas - Instagram/Reprodução
Enzo Fittipaldi é um dos idealizadores do Desafio Virtual das Estrelas Imagem: Instagram/Reprodução
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

28/04/2020 12h00

Enquanto cantores vêm arrecadando milhões de reais em lives nas últimas semanas, dois jovens talentos do automobilismo brasileiro que carregam sobrenomes de peso se uniram para a criação de um campeonato online que visa arrecadar fundos e ajudar no combate ao coronavírus. Dudu Barrichello, filho de Rubens, e Enzo Fittipaldi, neto de Emerson, são os idealizadores do Desafio Virtual das Estrelas, que conta com forte apoio da comunidade automobilística brasileira e terá a próxima etapa realizada amanhã (29).

Dudu e Enzo explicaram ao UOL Esporte que a ideia surgiu do mini campeonato Race for the World, idealizado por um grupo de jovens pilotos da Fórmula 1 capitaneado por Charles Leclerc.

"Quando eu e o Enzo falamos, a ideia foi criar um Desafio Virtual das Estrelas com participação de pilotos reais e virtuais, e, assim que criamos o grupo, a adesão foi imediata, com mais de 40 pilotos na última corrida. A ideia é proporcionar ao público corridas emocionantes neste tempo de pandemia, em que os GPs reais não estão sendo disputados, e obviamente com um importante lado beneficente, estimulando os pilotos a divulgar as campanhas de doação para entidades que trabalham na luta contra o novo coronavírus", contou Dudu, de 18 anos, que corre no automobilismo norte-americano na USF2000, uma das categorias de base da Indy.

Enzo Fittipaldi, também de 18 anos e membro da academia da Ferrari, foi um dos pilotos que participaram do Race for the World.

"O Pietro [Fittipaldi, seu irmão e piloto reserva da Haas na F-1] e eu participamos e achamos muito legal, e foi bacana porque o Dudu também já é um grande entusiasta das corridas virtuais. Eu tinha recebido o convite da minha assessoria para participar de uma prova de pilotos virtuais em um campeonato de F3 e, quando eu e o Dudu conversamos, decidimos usar estas regras como base, criar um grupo de pilotos reais e selecionamos os cinco melhores virtuais do campeonato Virtual Challenge. Desde o início priorizamos acerto fixo (ou seja, todo mundo com o mesmo carro), e o público escolhe a pista na véspera, para impedir que alguém treine muito naquele traçado", explicou Enzo, que se preparava para estrear na F-3, categoria que corre junto da F-1, neste ano, antes que o coronavírus afetasse a realização do campeonato,

A ideia deu tão certo que atraiu grandes nomes, como Rubens Barrichello, outro entusiasta das corridas virtuais, Felipe Massa e Felipe Nasr. Eles se juntaram a um grid com pilotos de várias categorias diferentes, do Mundial de Endurance ao kart. Isso significa que, além da possibilidade de colaborar com a pesquisa e tratamento da covid-19, a competição online é também a oportunidade do piloto mais jovem do grid, o kartista Enzo Vidmontiene, de 10 anos, competir com o recordista de largadas da F-1, Rubinho.

As provas são disputadas com 1h30 de treino livre, 10 minutos de classificação e rodada dupla de 30 minutos em cada prova, tendo a inversão do grid para a segunda etapa. A transmissão ao vivo inicia 20h com o qualy e termina no fim da segunda prova, com entrevista com os vencedores, por volta das 21h30. As doações podem ser feitas diretamente no canal da Fiocruz e no da USP.

As provas são sempre às quartas-feiras, e restam mais duas etapas para o fim. Vários pilotos transmitem as provas por meio de seu Twitch, plataforma em que é possível também ouvir as conversas entre eles. Os irmãos Fittipaldi e Dudu Barrichello estão entre eles.

BandSports: Grande Prêmio da França de Fórmula 1 é cancelado

Band Sports

Pole Position