PUBLICIDADE
Topo

Olhar Olímpico

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

São Silvestre de julho é cancelada e corrida é marcada para 31 de dezembro

Corrida Internacional de São Silvestre  - Avener Prado/folhapress
Corrida Internacional de São Silvestre Imagem: Avener Prado/folhapress
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

14/05/2021 13h37

A Corrida Internacional de São Silvestre de 2020 está agora oficialmente cancelada. Os organizadores vendiam inscrições para que a prova ocorresse no próximo dia 11 de julho, mas hoje (14) anunciaram que esse plano está descartado. Nova corrida, se tudo der certo, apenas em 31 de dezembro.

"As condições atuais da pandemia da covid, o tempo necessário para preparação dos corredores e a preocupação com a saúde de todos os evolvidos acabaram sendo determinantes durante essas reuniões na mudança para o fim do ano, opção prevista em regulamento desde a abertura das inscrições", justificou a Fundação Cásper Líbero, organizadora da prova.

No ano passado, a entidade e a Yescom, que é quem opera a corrida, adiaram ao máximo a definição de que a prova não aconteceria em 31 de dezembro, na expectativa de que a pandemia fosse controlada e ao menos uma corrida com número menor de participantes pudesse ser realizada. Quando a realização ficou inevitável, em setembro, foi anunciado que o evento não estava cancelado, mas adiado para uma data futura.

Essa data ficou depois decidida que seria 11 de julho, e os organizadores começaram a vender inscrições, o que ainda não haviam feito. Na prática, sempre se soube que não haveria corrida nesta data, porque se a pandemia fosse controlada, este dia também seria domingo de carnaval em São Paulo. No fim, nem uma coisa nem outra.

Agora, o plano é que a 96ª edição da São Silvestre, que pela ordem deveria ter sido em dezembro de 2020, seja realizada em 31 de dezembro de 2021. "Organizadores e órgãos públicos têm debatido para que a principal prova de rua da América Latina seja realizada com segurança. Indicadores mais recentes apontam que grande parte da população esteja vacinada no segundo semestre e o caminho adequado é pelo reagendamento da corrida", explicaram os organizadores, em nota. As inscrições seguem abertas.