PUBLICIDADE
Topo

Olhar Olímpico

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Japão e Fina se acertam e Pré-Olímpicos voltam para Tóquio

Luana Lira salta no Mundial de Esportes Aquáticos - Satiro Sodré/Rede do Esporte
Luana Lira salta no Mundial de Esportes Aquáticos Imagem: Satiro Sodré/Rede do Esporte
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

09/04/2021 12h41

Uma semana depois de enviar comunicado em tom bastante duro contra Tóquio, a Federação Internacional de Natação (Fina) recuou e anunciou hoje (9) que dois Pré-Olímpicos voltam para Tóquio, como eventos-teste da Olimpíada, mas em datas mais adiante do que o planejado. O de saltos ornamentais será entre os dias 1º e 6 de maio, duas semanas depois do anteriormente previsto. O de nado artístico também será na estrutura que será usada nos Jogos de Tóquio, mas ainda não há data confirmada.

Na semana passada, ao anunciar o cancelamento da Copa do Mundo de Saltos Ornamentais, torneio que vale como Pré-Olímpico Mundial, a Fina disse que sua força tarefa emitiu opinião "muito negativa" sobre a segurança do plano remetido por Tóquio. Em carta, afirmou que o documento não oferecia garantias adequadas de saúde e de proteção aos participantes. Logo depois, também foram cancelados os Pré-Olímpicos da Maratona Aquática, que seria em Fukuoka, e do Nado Artístico, em Tóquio.

Agora a Fina volta atrás. No começo da semana, a entidade já havia realocado a seletiva da maratona aquática para Setúbal, em Portugal, onde também aconteceram as seletivas das últimas duas edições dos Jogos. A competição, que seria no fim de maio em Fukuoka, foi reprogramada para 19 e 20 de junho, a pouco mais de um mês da Olimpíada. O Brasil, que já tem vaga olímpica no feminino com Ana Marcela Cunha, participa da seletiva com Allan do Carmo e Guilherme Costa. Só um deles, no máximo, pode se classificar.

A questão mais urgente era da Copa do Mundo de Saltos Ornamentais, daqui a duas semanas, de 18 a 24 de abril. Os brasileiros, por exemplo, já estavam concentrados no Rio para viajar amanhã (10) ao Japão quando souberam do cancelamento do torneio, que agora foi remarcado para de 1 a 6 de maio, novamente em Tóquio. Irão à seletiva Ingrid Oliveira, Giovanna Pedroso, Anna Lucia Santos, Luana Lira, Isaac Souza, Ian Matos, Luis Felipe Moura e Kawan Pereira.

Já o Nado Artístico o Brasil vai tentar vaga olímpica no dueto, formado por Laura Miccuci e Luisa Borges, que segue em treinamento no Rio de Janeiro. O Pré-Olímpico, que estava marcado para os primeiros cinco dias de maio, ainda não tem data confirmada.