PUBLICIDADE
Topo

Justiça nega liminar e proíbe festival de música no Parque Olímpico

29.nov.2015 - Mais de 1.500 pessoas participam da Corrida das Cores, na etapa de São José dos Campos, no interior de São Paulo. Durante a prova, os competidores ganharam pós coloridos para animar a corrida. A maratona foi inspirada no festival das cores, Holi, tradicional celebração indiana que comemora o início da primavera - Nilton Cardin/ Estadão Conteúdo
29.nov.2015 - Mais de 1.500 pessoas participam da Corrida das Cores, na etapa de São José dos Campos, no interior de São Paulo. Durante a prova, os competidores ganharam pós coloridos para animar a corrida. A maratona foi inspirada no festival das cores, Holi, tradicional celebração indiana que comemora o início da primavera Imagem: Nilton Cardin/ Estadão Conteúdo
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

17/01/2020 16h52

O juiz federal Eugenio Rosa de Araújo, da 17ª Vara Federal do Rio, negou no começou da tarde desta sexta-feira (17) um pedido de liminar dos organizadores do Happy Holi Tour 5 Anos, festival de música marcado para acontecer no domingo no Parque Olímpico da Barra. Os governos federal e municipal tinham até por volta das 16h50 desta sexta para interditarem todas as instalações construídas para os Jogos Olímpicos do Rio, o que inclui o Parque Olímpico. Por parte da prefeitura, a ordem foi cumprida às 16h44.

Procurado ao longo dos últimos dois dias, o Ministério da Cidadania não informou o calendário de eventos do local. Da parte esportiva, sabia-se que a seleção feminina de basquete tinha treinos planejados para a Arena Carioca 1 ao longo desta e da próxima semana e que o Flamengo reservou datas para quatro jogos de basquete nas próximas duas semanas, incluindo um duelo pela Champions League no domingo, já transferido para o ginásio do Tijuca.

Nesta sexta, prefeitura e governo federal entraram com recursos para impedirem a interdição das arenas. Paralelamente, a JC Batista Organização de Eventos pleiteou autorização judicial para utilizar a área externa do Parque Olímpico no domingo, alegando que seu planejamento só incluía a utilização de 25% do estacionamento externo das Arenas Cariocas (área do governo federal), com o restante do festival ocorrendo na área privada do parque.

Ao negar a liminar, o juiz explicou que a interdição serve como "medida indutiva e coercitiva apta a possibilitar a conclusão documentada do parque olímpico". "A parte onde o evento pretendia ocorrer se situa no interior do parque, não podendo o problema individual da empresa sobrepujar ao problema de segurança como um todo, principalmente pela possível presença de crianças ou mesmo pessoas idosas, o que agrava o aspecto da operacionalização do evento", justificou.

Pelo Instagram, o festival, que terá shows de grupos jovens das 12h às 21h55 de domingo, não informou da proibição. Pelo contrário. A empresa segue vendendo ingressos, anunciando, nos Stories, que o segundo lote de entradas só será comercializado até amanhã.

Olhar Olímpico