PUBLICIDADE
Topo

Juventus intercede por Arthur e pede liberação antecipada para o Barcelona

Arthur, meio-campista do Barcelona, caminha com máscara no rosto - Octavio Passos/Getty Images
Arthur, meio-campista do Barcelona, caminha com máscara no rosto Imagem: Octavio Passos/Getty Images
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

13/08/2020 16h13

A Juventus entrou no conflito entre Arthur e Barcelona para tentar a liberação antecipada do atleta. O time da Itália pediu aos espanhóis que o meia seja liberado para iniciar a pré-temporada a partir do próximo dia 24 de agosto e não só em setembro, quando termina seu vínculo com os catalães após o acordo financeiro entre os times.

Até então, o tema estava sendo tratado entre o jogador, seus advogados e a diretoria do Barcelona. Agora, os italianos esperam uma resposta até amanhã (14) e apostam em um acordo de cavalheiros para que o pedido seja atendido.

O time espanhol proibiu recentemente o meia de ficar com o elenco durante a disputa da Liga dos Campeões, que não pôde ficar nem nas arquibancadas durante o duelo com o Napoli. Vários membros da diretoria deram declarações de que o comportamento do brasileiro foi desrespeitoso.

Pelo lado do jogador, a versão é que o time espanhol tem arrastado a resolução dessa novela de forma proposital para desviar o foco de outros problemas vividos pelo Barcelona no momento. Diversos jornais que têm fortes ligações com o clube catalão têm tratado o atleta como o grande vilão da história.

Seleção é levada em consideração

O jogador também tem bastante apreço pelo seu espaço na seleção brasileira e gostaria de resolver o tema o mais rápido possível para entrar em setembro com condições de ser lembrado por Tite para a convocação que será feita para a disputa das Eliminatórias.

É bom lembrar que Arthur está em uma das posições mais disputadas da seleção, com Bruno Guimarães indo muito bem no Lyon, Gerson sendo destaque no Flamengo, e Douglas Luiz, do Aston Villa, correndo por fora.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.