PUBLICIDADE
Topo

Danilo Lavieri

PSG espera Champions para buscar Matheus Cunha, artilheiro do pré-olímpico

Matheus Cunha comemora segundo gol do Brasil contra a Argentina - LUISA GONZALEZ/REUTERS
Matheus Cunha comemora segundo gol do Brasil contra a Argentina Imagem: LUISA GONZALEZ/REUTERS
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

10/08/2020 10h19

As investidas do PSG por Matheus Cunha se intensificarão após a disputa da Liga dos Campeões. Foi esse o recado que Leonardo, diretor da equipe francesa, deu para o estafe do atacante de 21 anos que foi artilheiro do pré-olímpico disputado em janeiro na Colômbia.

O time de Neymar e companhia entra em campo na quarta-feira, às 16h, contra o Atalanta, pelas quartas de final. Enquanto estiverem vivos na competição, os franceses deixarão as negociações em compasso de espera.

Matheus chegaria como alternativa para uma posição que vai perder Edinson Cavani e tem Mauro Icardi como a melhor opção no momento.
Além do PSG, a Inter de Milão, da Itália, colocou o brasileiro como a principal opção caso Lautaro não seja mantido para a próxima temporada. Atualmente, o nome do argentino tem sido bastante ventilado no Barcelona.

Matheus Cunha foi destaque do Brasil no pré-olímpico e, ainda durante a competição, foi negociado do RB Leipzig para o Hertha Berlin. Na época, o atacante foi indicação de Jurguen Klinsmann, que acabou saindo ainda antes da chegada do brasileiro.

No Brasil, Matheus pouco jogou e deixou a base do Coritiba para a Suíça em 2017. Ele praticamente se apresentou para o país ao comandar o Projeto Olímpico da CBF. Fora de campo, ele ainda chamou a atenção por já falar espanhol, italiano, alemão e inglês aos 21 anos.