PUBLICIDADE
Topo

Como briga de Arthur no Barça abre espaço para Gerson, do Fla, na seleção

Gerson fez um golaço em Flamengo x Boavista - Alexandre Vidal/Flamengo
Gerson fez um golaço em Flamengo x Boavista Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo
Danilo Lavieri

Danilo Lavieri começou a carreira em 2008 e trabalha com futebol desde 2010. Já cobriu Copa, Olimpíada, escreveu a biografia do goleiro Marcos (Nunca Fui Santo) e ganhou prêmio de furo do ano da Aceesp em 2019.

Colunista do UOL

11/08/2020 10h47

A situação indefinida de Arthur no Barcelona pode abrir uma brecha em uma das brigas mais acirradas por posição na seleção brasileira: a de meio-campista. E isso dá esperanças a Gerson, do Flamengo, de ser lembrado por Tite.

Arthur foi afastado da equipe catalã até que se resolva o seu caso de indisciplina, como tem chamado a imprensa espanhola, e vê o seu futuro próximo indefinido. Ele tinha sido lembrado na última convocação para as Eliminatórias que acabaram adiadas e, sem poder jogar a fase decisiva da Liga dos Campeões, verá seus concorrentes terem mais chances de se destacar.

Os jogos estão marcados inicialmente para o início de outubro, mas a convocação será feita ainda em setembro, o que diminui o tempo para Arthur resolver suas pendências.

Quem pode se aproveitar da oportunidade é Gerson. O flamenguista ficou fora da lista de atletas que enfrentariam Peru e Bolívia justamente por conta da concorrência acirrada. Até a próxima convocação, no entanto, ele atuará normalmente pela equipe carioca, enquanto Arthur só deve voltar aos treinos em setembro.

Outro que sonha com um espaço é Douglas Luiz, do Aston Villa. Ele é mais um que está no radar da seleção, mas também pode sofrer sem poder jogar durante este período por conta do calendário atrasado por conta da pandemia.

Por fim, a confusão com Arthur consolida ainda mais Bruno Guimarães. Depois de ter sido destaque da seleção pré-olímpica em janeiro, ele já havia sido lembrado pro Tite para defender o profissional nas Eliminatórias.

Com os jogos cancelados, o sonho foi adiado. Agora, o meio-campista seguirá na Liga dos Campeões após eliminar a Juventus, de Cristiano Ronaldo, tendo sido mais uma vez um dos destaques do Lyon. É bem provável que seu nome continue na lista.

O estafe de Arthur diz não se preocupar com essa questão e que a briga com o Barcelona já está resolvida desde o acerto da transferência para a Juventus, onde ele começará a treinar no dia 3 de setembro. O atleta também mantém contato constante com a comissão da seleção para dar a sua versão dos fatos.

A equipe catalã, por sua vez, deixa o caso em aberto segundo a imprensa espanhola e não o libera para viajar para a Itália para acertar os últimos detalhes de sua mudança.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.