PUBLICIDADE
Topo

Jogador do Orlando Magic permanece em pé durante manifestação antirracista

Movido pela religião, Jonathan Isaac citou mais questões que atormentam a sociedade - Ashley Landis - Pool/Getty Images
Movido pela religião, Jonathan Isaac citou mais questões que atormentam a sociedade Imagem: Ashley Landis - Pool/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

31/07/2020 19h55

A retomada da temporada da NBA, que havia sido suspensa em março diante da pandemia do novo coronavírus, vem sendo marcada por manifestações contra o racismo. No entanto, um jogador do Orlando Magic destoou hoje e permaneceu em pé durante o protesto pacífico antes do jogo contra o Brooklyn Nets: o ala-pivô Jonathan Isaac.

Enquanto os atletas se ajoelhavam no hino nacional dos EUA, executado antes do início do primeiro quarto, Isaac permaneceu em pé, olhando para baixo. Ele também vestia a camisa do Magic, enquanto os demais vestiam camisetas com a inscrição "Black Lives Matter" (em inglês, "vidas negras importam").

A franquia da Flórida venceu o jogo por 128 a 118, com 16 pontos de Isaac. Após o jogo, ele explicou sua decisão, motivada por questões religiosas.

"Acho que quando você olha em volta, o racismo não é a única coisa que atormenta nossa sociedade, que atormenta nossa nação, que atormenta nosso mundo", disse, segundo o site TMZ.

"Sinto vontade de me unir a essa mensagem de que queremos superar não apenas o racismo, mas tudo que atormenta a sociedade. A resposta é o evangelho", acrescentou.

Basquete