PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Papo Preto


Papo Preto #1: Dilemas e desafios da maternidade solo

do UOL, em São Paulo

09/09/2020 04h00

Nasce oficialmente o Papo Preto, podcast produzido pelo Alma Preta, agência independente de jornalismo com temáticas sociais, em parceria com o UOL Plural. E, logo em seu primeiro episódio, um tema interseccional de grandes ramificações: a maternidade solo. Quais são os desafios e dilemas das mulheres que vivem essa realidade? E como ela permeia outros aspectos como raça, trabalho e gênero? Você pode ouvir o primeiro episódio no arquivo acima.

Duas mães solo pretas são as convidadas desse episódio, e abordam a questão a partir de suas vivências e seus ativismos. A jornalista e articuladora social Ana Muza Cipriano, mãe de duas crianças de 12 e 14 anos; e Tainá de Paula, arquiteta e urbanista e feminista negra, mãe de uma menina de 6.

Ambas, apesar de estarem em relacionamentos estáveis na concepção de seus filhos - Tainá era casada há dez anos -, se viram sozinhas desde que as crianças eram muito pequenas. Nuances desse processo mostram que o acúmulo de papéis e tarefas acontecem até em níveis muito sutis.

"O processo de separação foi muito traumático, eu me vi tentando descobrir o que seria uma guarda compartilhada, tentando construir isso, e assumindo toda sobrecarga mental de ter uma uma criança pequena", diz Tainá (a partir de 8:48 no arquivo acima). Ela assumiu a maternidade solo logo após o nascimento da filha. "Me vi uma mãe com uma cria tendo que obrigatoriamente ensinar também um pai e se posicionar".

O processo de se instrumentalizar parece infinito. "Nas conversas com meu filho é onde mais me complico", diz Ana. "Porque eu não tenho um corpo masculino. Então não sei, às vezes, como reagir à puberdade desse pré-adolescente de 12 anos. Mas tô ali, eu pesquiso, eu converso", conta ela (aos 5:59 no arquivo acima).

Ana, que é empreendedora, diz que sentiu de maneira muito dramática as consequências da pandemia. "Essa pandemia veio para acabar com a estrutura de todo mundo. Hoje eu minha filha nós fazemos psicóloga online, a gente tem um acompanhamento terapêutico porque se fez necessário", diz. "A pandemia mexeu principalmente também na questão financeira. Porque eu não tenho como deitar e saber tranquilamente que no quinto dia útil eu vou ter um salário. Não, eu tenho que deitar minha cabeça pensando como que eu vou captar novos clientes no dia seguinte, como que eu vou manter?", conta (a partir de 15:48 no arquivo acima). A pandemia a fez pensar "que eu ia ser uma pessoa insuficiente para poder dar eles o pouco que eu consigo dar hoje".

Este episódio é apresentado pelo videomaker Yago Rodrigues e pela jornalista Nataly Simões, ambos do Alma Preta.

Podcasts são programas de áudio que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar — no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Você pode ouvir Papo Preto no canal do UOL no YouTube e nas plataformas de podcast Spotify, Google Podcast, Deezer, Apple Podcast e CastBox.