Topo

Testes e lançamentos


Novo SUV-Cupê da VW: saiba como projeto 100% brasileiro virou carro global

Projeto do inédito New Urban Coupé foi concebido na sede brasileira da Volks em São Bernardo do Campo e cativou executivos alemães - Divulgação
Projeto do inédito New Urban Coupé foi concebido na sede brasileira da Volks em São Bernardo do Campo e cativou executivos alemães
Imagem: Divulgação

Ricardo Ribeiro

Colaboração para UOL Carros, em Wolfsburg (Alemanha)

31/08/2019 07h00

Resumo da notícia

  • Executivo conta como o New Urban Coupé cativou alemães
  • Projeto original era para atender apenas Brasil e região
  • Visita do chefe mundial de operações da VW a S. Bernardo mudou tudo
  • SUV-Cupê derivado do Polo chega em maio de 2020 ao Brasil
  • Produção será no ABC paulista e também na Espanha

Um dos principais destaques do inédito SUV-Cupê compacto que a Volkswagen fabricará em São Bernardo do Campo (SP) em 2020 é que o modelo será o primeiro da marca desenvolvido inteiramente no Brasil a ser fabricado e vendido também na Europa. Conforme antecipado por UOL Carros, o New Urban Coupé (ainda sem nome comercial) será lançado no mercado brasileiro em maio do ano que vem, mas também será feito em Pamplona (Espanha).

Como um projeto desenvolvido para o mercado local foi alçado à condição de veículo global? Como a Volkswagen do Brasil convenceu os executivos do quartel-general na Alemanha de que o modelo tem potencial para fazer sucesso também na Europa?

"Foi um processo humano, eu chamo de humano", contou Pablo Di Si, presidente da Volkswagen América Latina, durante evento de apresentação do novo utilitário esportivo com perfil de cupê, derivado do Polo, em Wolfsburg - sede mundial da montadora.

Com a decisão de criar um veículo entre o VW Polo e o T-Cross para a região da América Latina, o New Urban Coupé começou a ser concebido nos traços do chefe do design da VW no Brasil, José Carlos Pavone. Depois dos primeiros esboços em papel, foi construída uma versão digital.

O carro virtual foi apresentado em pesquisas confidenciais para grupos de clientes, as chamadas clínicas, no Brasil, na Argentina e no Chile. O bons resultados deram sinal verde para construir um modelo em argila e foram realizadas novas pesquisas, nas quais, segundo Di Si, o New Urban Coupé "foi super bem".

Até aí, tudo normal. O plano de renovação da Volkswagen aposta na regionalização, dando mais autonomia para suas subsidiárias no desenvolvimento de produtos. O objetivo é integrar o conhecimento dos mercados locais e criar veículos que atendam melhor as demandas do consumidor.

VW chama por ora o novo modelo de "cupê urbano"; marca diz que carro fez sucesso em clínicas na Europa - Divulgação
VW chama por ora o novo modelo de "cupê urbano"; marca diz que carro fez sucesso em clínicas na Europa
Imagem: Divulgação

Chefão abriu caminho: "vamos pegar esse carro"

Uma visita de rotina de Ralf Brandstätter, chefe mundial de operações da VW, à fábrica de São Bernardo mudaria tudo.

"O Ralf vem algumas vezes por ano. Em uma dessas reuniões, há cerca de dois anos, nós mostramos o carro físico para ele e outros integrantes do conselho mundial", conta Pablo Di Si.

Trata-se de um protótipo já com a aparência da versão final de produção: uma unidade guardada a sete chaves, à qual UOL Carros teve acesso, na sede do grupo VW.

"Eles adoraram o desenho arrojado, mas, como sempre, é uma opinião de um executivo de uma fabricante de veículos. O bom é que na Volkswagen não se trata mais do que o Pablo pensa, o que o Ralf pensa. É o que o consumidor pensa", explica o executivo.

Pesquisa com europeus selou destino

"O conselho olhou e falou: 'Que super carro! Achamos que poderia ser um sucesso na Europa. Vamos pegá-lo e fazer pesquisas com o consumidor europeu'. Isso aconteceu no ano passado e arrebentou porque esse desenho, esse tipo de modelo, eles gostam muito aqui na Europa", diz Di Si.

O novo modelo é um SUV-Cupê, mas em tamanho compacto. Ou seja, as formas na dianteira começam iguais às de um SUV convencional, com posição de guiar mais elevada e a frente pronunciada, mas há um caimento acentuado na traseira e linhas mais esportivas.

Muitas marcas premium têm apostado nesse tipo de carroceria, com bons resultados de vendas. Fazem parte dessa turma modelos como Porsche Cayenne Coupe e BMW X6. O objetivo da Volkswagen com o New Urban Coupé é trazer este estilo para categorias mais para baixo, em tamanho e preço.

Ser global não era objetivo inicial

Apesar dos bons resultados nas pesquisas europeias, o modelo não foi concebido, inicialmente, para ser global. Segundo Pablo Di Si, nem havia essa pretensão ao mostrar o veículo para o conselho mundial.

"Nós mostramos o status do desenho. Nem sonhávamos que viria a ser global. A intenção era mostrar no que estávamos trabalhando. Aí, no dia, olharam, olharam, começaram a conversar em alemão. Pensamos: 'nossa, o que está acontecendo? Não gostaram do carro'", lembra o executivo. "Aí disseram: 'adoramos! Achamos que vai dar certo. Vamos levar teu carro daqui e vamos testar na Europa", completa.

Além do visual mais esportivo, o novo modelo também foca a conectividade, o que teria contado para a boa resposta nas clínicas. O novo sistema multimídia, que integra informações do carro e aplicativos, também foi desenvolvido no Brasil e será fabricado no exterior para equipar o SUV-Cupê e outros modelos da marca.

Um dos destaques, promete a Volks, é a facilidade de operação. "Não se trata apenas de uma tela maior. São a aparência, os comandos e a usabilidade. Botões, formas, acessos, até esses detalhes também foram testados com o consumidor", diz o executivo.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

*Viagem a convite da Volkswagen

Siga o UOL Carros no

Testes e lançamentos