Topo

Testes e lançamentos


VW confirma "mini-SUV" do Polo com lançamento em maio de 2020 no Brasil

Novo SUV será posicionado entre o Polo e o T-Cross e terá fabricação em São Bernardo do Campo (SP) - Divulgação
Novo SUV será posicionado entre o Polo e o T-Cross e terá fabricação em São Bernardo do Campo (SP)
Imagem: Divulgação

Ricardo Ribeiro

Colaboração para UOL Carros, de Wolfsburg (Alemanha)*

29/08/2019 10h03

Resumo da notícia

  • Pela primeira vez, um VW desenvolvido no Brasil será fabricado também na Europa
  • SUV compacto com perfil de cupê terá produção em São Bernardo do Campo (SP)
  • O New Urban Coupé ficará entre o Polo e o T-Cross
  • Na prática, é um mini-SUV derivado do Polo, com a mesma plataforma MQB

A Volkswagen confirmou hoje o investimento de R$ 2,4 bilhões nas fábricas da marca no Estado de São Paulo até 2020 para o desenvolvimento e produção de um SUV inédito, posicionado abaixo do T-Cross. Durante a cerimônia acompanhada por UOL Carros, na sede mundial do grupo VW, em Wolfsburg (Alemanha), a marca também apresentou um primeiro protótipo do modelo.

Obtivemos com exclusividade a data de lançamento do carro no Brasil: maio de 2020. A produção será em São Bernardo do Campo (SP) e também em Pamplona (Espanha). Segundo a Volks, será o primeiro veículo projetado e desenvolvido em território brasileiro com fabricação na Europa. O design é assinado pelo brasileiro José Carlos Pavone.

Em 2005, o Fox, um projeto brasileiro, foi vendido na Europa, mas apenas em regime de exportação.

Por enquanto, a Volks chama a novidade de New Urban Coupé (veículo cupê urbano, em inglês). Na prática, é uma espécie de "mini-SUV" derivado do hatch médio Polo, com a mesma plataforma modular MQB e com perfil de cupê, exibindo teto mais inclinado na parte traseira - a exemplo do novo Audi Q8 e modelos como BMW X4. Ainda sem nome oficial de venda, o SUV da VW ficará posicionado logo acima do Polo, conforme UOL Carros vem antecipando desde 2017.

O valor do investimento não é novidade e integra um plano já anunciado de R$ 7 bilhões para 20 novos modelos, 13 com produção nacional, até 2020. Fizeram parte deste pacote modelos como Polo e Virtus, em um primeiro aporte de R$ 2 bilhões na fábrica do ABC paulista.

VW chama por ora o novo modelo de "cupê urbano"; marca diz que carro fez sucesso em clínicas na Europa - Divulgação
VW chama por ora o novo modelo de "cupê urbano"; marca diz que carro fez sucesso em clínicas na Europa
Imagem: Divulgação

Do Brasil para o mundo

"É a primeira vez que a Volkswagen do Brasil irá exportar o conceito de um novo veículo desenvolvido 100% aqui e que terá abrangência global. É a globalização da tecnologia e do conhecimento desenvolvido no Brasil", afirmou Pablo Di Si, presidente da VW América Latina.

Desde 2016, a Volkswagen iniciou um plano de renovação da marca que, entre outras medidas, concedeu mais autonomia para suas subsidiárias no desenvolvimento de produtos. O objetivo é integrar o conhecimento dos mercado locais e criar veículos capazes de entender novas demandas do consumidor.

João Doria, o governador de São Paulo, esteve no evento na Alemanha e disse que parte do plano de investimentos será enquadrada no IncentivAuto, programa estadual que concede desconto de até 25% no ICMS. Doria não deu detalhes, mas disse que o lançamento vai gerar 1,5 mil empregos, considerando a cadeia produtiva.

"Uma parte fundamental de nossa estratégia é mais regionalização. Demos mais poder de decisão para eles fazerem o seu negócio. A VW Brasil está em um bom caminho, está fazendo um bom trabalho. Entramos com tecnologia da plataforma MQB e o time no Brasil colocou um novo carro nela", disse Ralf Brandstätter, chefe de operação da marca VW.

Multimídia brasileira

Outra novidade é o desenvolvimento de um sistema multimídia digital feito inteiramente pela equipe brasileira da VW, que também será fabricado em outros países.

"O fator numero um de compra no Brasil é design e o segundo é conectividade. O Urban foi desenvolvido nesse sentido", destacou Pablo Di Si.

Com o investimento de R$ 2,4 bilhões, a fábrica de motores de São Carlos (SP) será duplicada e os virabrequins, antes importados da Alemanha, serão feitos na unidade.

A maior parte dos recursos, porém, será mesmo destinada a São Bernardo do Campo (SP), onde o New Urban Coupé começa a ser fabricado no ano que vem e que vai incorporar no conjunto de prensas na estamparia, quadruplicando a capacidade de produção.

Segundo a Volkswagen, parte crucial dos recursos também foi direcionada para o que a marca chama de "digitalização". Isso significa que os processos foram utilizados no desenvolvimento do New Urban Coupé também estarão na produção.

A digitalização do design permitiu a agilizar alterações, após pesquisas com clientes, e também acelerou a produção do primeiro protótipo. A fabricação do novo modelo contará com impressoras 3D, processos automatizados e até inteligência artificial.

Cara a cara com a novidade

UOL Carros participou da apresentação de um protótipo do novo modelo, restrita a um grupo seleto de jornalistas e em elevado clima de suspense. Fotos estavam proibidas. A imagem que acompanha nossa reportagem é um esboço do design do protótipo, divulgado hoje pela VW.

A reportagem acaba de entrar para esse breve contato com o protótipo e atualizará esta reportagem em breve, com nossas impressões.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

*Viagem a convite da Volkswagen

Testes e lançamentos