Topo

Salão de Genebra


Limusine russa de 7 toneladas usada por Putin busca novos donos em Genebra

Associated Press

Em Genebra (Suíça)

2019-03-10T08:00:00

10/03/2019 08h00

Resumo da notícia

  • Modelo não tem a mesma blindagem usada no carro do presidente russo
  • Mesmo com blindagem mais simples, são 7 toneladas de carro
  • Motor de 600 cavalos movimenta limusine
  • Vendas na Europa começam em 2020 ou 2021

Se você quiser rodar como Vlad -- o presidente russo, Vladimir Putin -- esta pode ser a limusine para você.

No Salão do Automóvel de Genebra, a montadora russa Aurus lançou a mega-luxuosa Senat Limousine L700, com linhas que lembram vagamente um Rolls-Royce. 

É a estreia europeia de um veículo cujos designers querem invadir um mercado que, no ocidente, atrai pop stars e executivos de alto escalão. O estande da empresa apresentava, inclusive, uma unidade que já esteve à disposição do líder russo. Ele próprio já foi visto dirigindo uma limusine da Aurus.

"Ele [Putin] é profundamente interessado em tecnologia e quer experimentar tudo por conta", disse o CEO da Aurus, Franz Gerhard Hilgert. "Ele precisa entender o que é, como funciona... e se ele gostou mesmo daquilo."

Embora não seja tão seguro quanto o modelo de Putin, que tem blindagem de alto nível, o L700 vem em uma versão blindada de sete toneladas, e um modelo sem proteção também está disponível.

Hilgert disse que o veículo vem com 600 cavalos de potência e transmissão automática, ambos feitos na Rússia.

Os executivos pretendem iniciar as vendas na Europa no próximo ano ou 2021. Liliya Zhdanova, porta-voz da Aurus, disse que os preços não serão anunciados até o próximo mês.

Mais Salão de Genebra