Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

Rolls-Royce comemora grande demanda por SUV de R$ 1,250 milhão

Rolls-Royce Cullinan durante o North American International Auto Show de 2019 - TIMOTHY A. CLARY/AFP
Rolls-Royce Cullinan durante o North American International Auto Show de 2019
Imagem: TIMOTHY A. CLARY/AFP

Oliver Sachgau

06/03/2019 18h26

Resumo da notícia

  • "Está superando nossas expectativas", disse Müller-Ötvös, CEO da Rolls-Royce
  • Modelo da história da fabricante de automóveis britânica é sucesso com ultrarricos
  • Quase todos os clientes da Rolls-Royce optam por adições feitas sob medida

 A Rolls-Royce Motor Cars está tendo dificuldade para atender a demanda por seu SUV Cullinan depois que o maior modelo da história da fabricante de automóveis britânica ganhou popularidade com os clientes ultrarricos.

A produção do SUV, vendido a partir de US$ 325 mil (R$ 1,250 milhão na cotação atual) antes da personalização -- e quase todos os clientes da Rolls-Royce optam por adições feitas sob medida --, está garantida até o quarto trimestre de 2019, disse o CEO Torsten Müller-Ötvös.

"Está superando nossas expectativas", disse Müller-Ötvös, na terça-feira, em entrevista, no Salão Internacional do Automóvel de Genebra. "Temos clientes que não são pacientes e querem o carro deles amanhã, por isso estamos fazendo o ocasional turno de sábado para atender a demanda."

A Rolls-Royce, que é de propriedade da fabricante de automóveis de luxo BMW, com sede em Munique, apontou o Cullinan diretamente para o mercado americano, que adora SUVs, quando lançado, em setembro. O modelo está encontrando muitos fãs também na Rússia e no Canadá, dois mercados que antes não eram tão grandes para a empresa britânica, disse Müller-Ötvös.

"A tração nas quatro rodas é atraente para esses mercados", disse.

Seu Automóvel