PUBLICIDADE

Topo

Beleza

Autocuidado é o mantra da vez: veja 8 dicas para turbinar seus rituais

Início de ano é propício para repensar seus hábitos  - iStock
Início de ano é propício para repensar seus hábitos Imagem: iStock

Karina Hollo

Colaboração para Universa

24/01/2022 04h00

De boas intenções, o começo de ano está cheio. Mas se há uma época propícia para dedicar mais tempo ao autocuidado, é essa. Entre pandemia, cenário político, crise econômica, aquecimento global — todas nós precisamos nos fortalecer internamente. E a melhor maneira de fazer isso é respirando, ouvindo seu corpo — e sua alma. Reunimos algumas ideias para um ano mais leve.

1- Foco em você
No começo do ano, fazemos uma lista enorme de coisas que queremos mudar, implementar e transformar em nossas vidas, relacionamentos, trabalho, rotina. "Mas como nem toda dica serve para todo mundo, minha sugestão antes de começar a listar as boas realizações para 2022 é: procure se conhecer de verdade!", diz Mariana Nahas, mentora de desenvolvimento espiritual e expansão da consciência. Quando não sabe o que de fato é importante pra você, se para onde está indo é onde você quer chegar, o que gosta e não gosta na sua rotina, se está feliz com a vida que leva ou não, quais relações fazem você crescer e quais colocam para baixo, fica difícil saber onde precisa de ajustes. E anote aí: não é nada egoísta se considerar primeiro e tomar decisões sobre o quão bom algo é para você.

2- Faça uma coisa de cada vez
Acredite: você vai se tornar mais produtiva, criativa e eficaz agindo assim. Achamos que fazendo muitas coisas ao mesmo tempo aumentamos nossa produtividade, enquanto a probabilidade é a de que ela caia. Monotarefa não significa monotonia. Significa que você está focada e presente em cada um dos seus projetos. Assim, será capaz de construir conexões e relacionamentos mais profundos. Vale dividir o tempo de cada tarefa de acordo com sua prioridade e ter disciplina para respeitar seu planejamento. "Se você trabalhar de 8h às 18h e tiver 10 tarefas para fazer, pode eleger três como as mais urgentes para resolver naquela semana ou dia. Mas é importante não se distrair com coisas aleatórias nesse período, levando em consideração o horário de almoço e pausas. E o contrário também ajuda, como evitar falar de trabalho durante a refeição", sugere o filósofo clínico Beto Colombo.

3- Melhore a qualidade do sono
Quando a gente não dorme, fica irritada, mal-humorada com os outros e consigo mesma. Sem falar que a pele perde o viço. "Perceba o seu horário de dormir e de acordar. Observe se sai da cama disposta ou ainda com sono e que horas começa a adormecer. Você tem respeitado os seus ciclos circadianos? É fundamental para o seu bem-estar físico e emocional", fala Mariana.

E como dormir melhor? Evite jantar perto da hora de ir para cama, use abajur em vez de luz de teto, não fique na frente de telas pelo menos 30 minutos antes, leia um livro. "Chá de camomila ou erva cidreira costumam induzir o sono. Além disso, evite cafeína depois das 14h e pratique exercícios físicos diários", indica Mariana.

4- Encare os problemas com bom humor
Não há quem não esteja em certa parte envolvida em problemas e desafios. Mas ver a situação com humor e alegria, mudar seu pensamento para ver a leveza é muito importante.

5- Busque o equilíbrio corpo X mente
"Minha dica é encontrar o equilíbrio entre a saúde do corpo e da mente", fala Esthela Oliveira, médica pós-graduada em nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) e em Medicina Integrativa pelo Albert Einstein. "Mais do que nunca, precisamos olhar para dentro de nós. A pandemia nos mostrou como tudo isso está conectado. O estresse, por exemplo, foi um grande causador de alterações físicas -- ganho de peso, questões de pele, queda de cabelo, relação com o sono, aumento de quadros inflamatórios e problemas emocionais também gerando questões físicas, ansiedade e depressão", observa.

6- Seja criteriosa em relação ao que vê e ouve
Somos bombardeadas por uma quantidade enorme de notícias, causando uma montanha russa de emoções. Às vezes, é preciso fazer uma pausa dos boletins diários e das mídias sociais. Tente reservar um tempo para meditação em vez de checar o Instagram.

Muito se fala sobre essa prática e seu impacto na saúde, inclusive com evidências científicas, em estudos da Sociedade Americana de Câncer de Mama. "Outra questão importante é aprender a manejar melhor o tempo, não apenas para produzirmos com mais qualidade, mas principalmente para termos tempo para nós, seja para descansar, desacelerar ou para o autocuidado", ressalta Esthela. Os banhos podem ser uma ótima para relaxar.

7- Experimente o novo
Esses últimos dois anos nos mostraram que não precisamos ficar "indoor" em academia, por exemplo, para nos movimentarmos. "Os treinos mais funcionais ganharam força, além das atividades físicas que levam a essa conexão mente e corpo, como por exemplo, a Yoga que trabalha o relaxamento e o controle da respiração, que podem levar a um manejo do estresse cada vez maior", fala Esthela.

8- Amplie o autocuidado
O autocuidado vai além do skincare, ele passa por todos os pilares: relacionamentos, cuidados com o sono, a questão alimentar, a prática de atividades físicas, manutenção da saúde mental e até a busca espiritual. "É importante destinar um tempo para o cuidado com a pele, cabelos e corpo, assim como melhorar a qualidade e tempo de sono, manter uma boa alimentação, com mais seletividade no que ingerimos e buscar relacionamentos saudáveis, tanto no trabalho como interpessoalmente. Além de falarmos mais abertamente sobre nossos sentimentos para aprender a lidar com eles de forma mais construtiva. Tudo isso vai gerar um impacto positivo na saúde de modo geral", finaliza Esthela.

Beleza