PUBLICIDADE

Topo

Ana Paula Xongani

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Eu preciso respirar: como a meditação vem mudando a minha vida

Além de melhorar a concentração, meditar ajuda a descobrir o que está em excesso - ou em falta - em nossas vidas - AnnaStills/iStock
Além de melhorar a concentração, meditar ajuda a descobrir o que está em excesso - ou em falta - em nossas vidas Imagem: AnnaStills/iStock
Conteúdo exclusivo para assinantes
Ana Paula Xongani

Ana Paula Xongani é multiempresária: no Ateliê Xongani, de moda afro-brasileira, e também na empresa que leve o seu nome, de criação de conteúdo. Apresenta o programa Se Essa Roupa Fosse Minha, no GNT, sobre moda consciente. Fala com leveza e responsabilidade sobre temas sempre importantes para que todo mundo junto construa um mundo mais justo e acolhedor para todos, especialmente para as mulheres pretas. Ativismo afetivo, como costuma dizer.

Colunista do UOL

20/01/2022 04h00

Namastê? rsrsrss

Calma! Não é pra tanto, mas vamos falar de meditação nesta coluna hoje sim! Por quê? Porque você merece respirar! A gente merece respirar!

Eu sei, eu sei, o mundo te sufoca né? Tô ligada, mana. É por isso que tirar um tempo pra respirar é FUNDAMENTAL.

E também trago isso aqui porque meditação tem tudo a ver com negritude e africanidades. Sabia? Ah! Por essa você não esperava, né?

Quem por acaso me acompanha também lá no instagram @anapaulaxongani, já se ligou na tour da meditação, né? Fiz mais de 300 meditações entre o ano passado e o início deste ano. Então, como eu sempre gosto de fazer depois de vivenciar as coisas no íntimo, é hora de compartilhar, trocar com vocês.

Então, vamos lá! Estou no início da minha jornada, mas aprendi coisas que talvez façam sentido para vocês também.

Eu cheguei na meditação desconfiada, achava que não era um rolê pra mim. Uma negrona meditando? Com o racismo que nos assola todo o tempo, era um pensamento tipo assim "num tem tempo de meditar não minha filha, levanta e anda!". Saca?

E é aí que mora um grande equívoco, por isso separei 5 motivos para você meditar, mesmo no meio do caos. Anote!

1. A Rosangela Natalino, instrutora brasileira em Wayland, Massachusetts, uma mulher e negra, contou em uma entrevista à Revista Trip que a prática da meditação não começa na Índia e sim na África. "Tudo que é originário da África foi nomeado por outras etnias e por isso temos o compromisso do resgate", ela diz.

Esse resgate muito me interessa, o resgate das tecnologias ancestrais e negras que contribuem para a saúde mental de todos. A Kemetic Yoga começa no Egito e tem como foco o controle da respiração, o equilíbrio entre corpo, mente e espírito, além da conexão com a ancestralidade africana por meio da meditação.

E isso me leva ao segundo ponto:

2. Saúde! Quando a gente diz que não tem acesso à saúde, muitas vezes estamos dizendo que não temos informação sobre saúde também. A meditação é uma prática muito barata, para não dizer de graça, mas a falta de informação afasta muita gente de conhecer, tentar e praticar. Assim que resolvi me dedicar, percebi que os benefícios são muitos. Destaco o controle do subconsciente, que decide um monte de coisa pra você e você nem tá sabendo. Melhora no sono! Como eu durmo e sonho melhor desde quando comecei a meditar!!! Nossa! Controle da ansiedade! Sério, é uma técnica excelente pra gente não estourar, sabe? A gente aprende real a cuidar e dar a devida atenção à respiração. Diria que a gente aprende a respirar mesmo. A concentração também melhora muito durante a prática e, consequentemente, na vida.

3. Terceiro ponto. TEMPO! Claro, a gente precisa se esforçar para fazer com regularidade. Por exemplo, algumas pessoas me dizem que não conseguem por falta de tempo e tudo o mais. Mas, vamos lá! Existem meditações de até 10 minutos (até menos). É muito importante que a gente entenda que faz muito sentido colocar como prioridade em nosso dia pelo menos 10 minutos para respirar, certo? Fazer isso vai também nos dar a oportunidade de entender o que está acontecendo para não termos dez minutos no dia, sabe? Entender o que pode estar excessivo - ou faltando.

Eu comecei a meditar por 2 minutos. Hoje, faço pelo menos 18 e a meta é chegar nos 20. Esse ano eu chego lá.

E aí é aquela coisa, tem dias mais fáceis, outros mais difíceis. Então, vamos para o próximo ponto:

4. Tem meditação para tudo que você possa imaginar. Meditação para provas e concursos, para apresentação de projeto no trabalho, para cura de traumas afetivos, meditação para autoamor, autopercepção, para dormir, para acordar, para lidar com crises de ansiedade. A meditação é basicamente você comentando com a sua mente, conversando com ela sobre o que você precisa. E é mais físico do que você imagina. É neurologia, estudo do cérebro, é autoconhecimento do seu corpo. E ah! Sua mente faz parte do seu corpo, tá? Só pra lembrar mesmo.

5. O último ponto é o mais importante pra mim; e por isso comecei falando dele. Eu só consegui respirar e meditar quando percebi o quão nobre é isso, respirar! Especialmente depois de uma pandemia em todo o planeta, em que faltou ar para muita gente, concretamente e subjetivamente também. Principalmente para pessoas pretas como eu, para pessoas empobrecidas como os meus. Coisas que nos sufocam o tempo todo, sistematicamente, simbolicamente e até fisicamente.

Então, nos deixem respirar, precisamos respirar, merecemos respirar e a meditação é o lugar certo para isso!

Medite, ok?

A conversa pode continuar aqui nos comentários. Me conta se você já meditou, se é fácil ou difícil pra você, se precisa de alguma dica. Quem sabe te ajudo de alguma forma

E se cuida tá?