PUBLICIDADE

Topo

Aromaterapia para mulheres: óleos essenciais ajudam da TPM à menopausa

A aromaterapia é uma técnica que pode trazer mudanças positivas para todas as áreas da vida - Natalie Maro/Getty Images/iStockphoto
A aromaterapia é uma técnica que pode trazer mudanças positivas para todas as áreas da vida Imagem: Natalie Maro/Getty Images/iStockphoto

Claudia Dias

Colaboração para Universa

03/11/2021 04h00

Utilizando aroma e partículas de diferentes óleos essenciais, a aromaterapia é uma técnica que pode trazer mudanças positivas para todas as áreas da vida —em alguns casos, especificamente para mulheres. Isso porque há indicações que agem em situações que só elas enfrentam, além de outras experiências comuns no dia a dia feminino.

Óleos essenciais agem em ambos os sexos de forma similar, mas o mulheril se diferencia por representar a conexão com a natureza. "Até o ciclo menstrual era comparado aos ciclos da lua e à intensidade do sol. Além disso, as mulheres carregam a energia da criação e do acolhimento", ilustra Juliana Viveiros, espiritualista na iQuilíbrio.

De acordo com a especialista, a aromaterapia é facilmente conectada às mulheres, já que elas têm o poder de sentir as plantas, de pertencer à natureza e acreditar nos ciclos de aprendizados enfrentados. "Por isso esta é uma das técnicas capazes de resgatar essa essência", afirma a especialista, que aponta as melhores alternativas aromáticas a seguir.

Óleos indicados para experiências femininas

TPM, cólicas ou menstruação desregulada

Apesar de a TPM (tensão pré-menstrual) incluir sintomas variados, dependendo do organismo, alguns óleos essenciais são unânimes para essa fase, assim como são bem indicados para episódios de cólicas e menstruação irregular. De acordo com Juliana, os melhores para tais situações são:

- Lavanda
- Camomila
- Hortelã-pimenta
- Sálvia
- Laranja doce
- Erva-doce

Como usar

Para utilizá-los, a espiritualista indica associá-los ao óleo de copaíba. Coloque-o em um recipiente escuro e pingue algumas gotas de um dos óleos citados. Despeje a mistura sobre barriga e pés. Adote uma bolsa de água quente e coloque meias enquanto permanece por um período deitada, esperando agir.

"Também é possível fazer a sinergia dessas essências, mas, neste caso, é preciso consultar um profissional, que dá o suporte adequado para atingir o resultado esperado", frisa Juliana.

Gravidez

Período rico em mudanças internas e externas, quando ocorre, é possível que as mamães sintam de tudo: cólicas abdominais, enjoos, dores nas mamas, náuseas, sono, entre outros.

Por isso, é importante analisar a situação da grávida para utilizar um óleo essencial que não piore tais sintomas. "Muitas mulheres sentem enjoos ou náuseas com determinados cheiros, o que é completamente normal, mas faz com que a escolha da essência ideal seja muito individual", orienta Juliana.

Via de regra, para as gestantes, indica-se evitar os óleos cítricos e apostar em:

- Hortelã
- Lavanda
- Bergamota

De acordo com a espiritualista, estas sugestões oferecem efeito calmante, combatendo a ansiedade, atraindo fluidos energéticos de acolhimento, calma e segurança.

lavanda - iStock - iStock
Essência de lavanda
Imagem: iStock

Como usar

Aqui, o indicado é que seja usado um difusor para ambientes. Nem precisa de muito óleo para o resultado harmônico: basta 1 gota a cada 10 ml de água.

Menopausa

Nesta fase, a mulher costuma experimentar uma onda de sintomas, como irritabilidade, fadiga, cansaço, insônia e calor, entre outros. Para Juliana, aliar a medicina tradicional e a holística rende resultados bastante favoráveis. Os óleos essenciais mais indicados para o período são:

- Sálvia
- Camomila
- Tomilho
- Gerânio

Como usar

Nesta situação, o melhor é optar pela massagem no corpo inteiro. Basta ter um óleo neutro (amêndoas, coco ou sementes de uva, por exemplo) e aplicar nele algumas gotas de uma das essências indicadas, massageando o corpo, já na sequência. "Vale aproveitar o momento para se conectar consigo mesma e meditar com músicas que lembrem a natureza", sugere Juliana.

Inchaço e retenção de líquido

O consumo excessivo de sal, os níveis hormonais e ainda a inatividade e o sedentarismo são alguns dos motivos que levam à retenção de líquido e ao inchaço. A aromaterapia também pode ajudar nisso, com os óleos essenciais de:

- Toranja
- Eucalipto
- Lavanda
- Erva-doce

Como usar

"Pode-se utilizar o óleo de coco junto com a essência de preferência para fazer massagem nas regiões que estão afetadas. No caso do óleo de eucalipto, pode passar pela casa. O cheiro promove tranquilidade e bem-estar", ensina Juliana.

Baixa libido ou autoestima

A baixa libido entre as mulheres pode ser explicada, muitas vezes, por estresse e cansaço. A rotina maçante faz com que elas percam totalmente a autoestima, comecem a se autossabotar e, também, notem redução na vontade sexual.

Os óleos essenciais indicados para a baixa libido e, por consequência, autoestima são:

- Jasmim
- Rosa
- Lavanda
- Sálvia
- Sândalo

Como usar

Para quem tem difusor de ambientes, basta adicionar 2 gotas para cada 10 ml de água. Na falta dele, vale optar pela massagem. A dica é misturar de 12 a 20 gotas da essência de preferência em óleo de amêndoa doce.