PUBLICIDADE

Topo

Cristais, chás e óleos essenciais que podem ajudar a fortalecer autoestima

AaronAmat/Getty Images/iStockphoto
Imagem: AaronAmat/Getty Images/iStockphoto

Claudia Dias

Colaboração para Universa

24/10/2021 04h00

Ter autoestima elevada envolve diferentes fatores, mas podemos dizer que tal condição está diretamente ligada à autoaceitação e à gentileza consigo mesma. De forma semelhante, o fortalecimento do amor-próprio passa por muitos e diferentes tipos de intervenções. E é justamente nesse contexto que as terapias alternativas aparecem para ajudar.

"A partir do momento que alguém está mal com o seu mundo interno e não se compreende, são geradas sintonias energéticas negativas que podem afetar todas as áreas da vida - amorosa, psicológica, familiar ou até mesmo profissional e financeira", argumenta Juliana Viveiros, espiritualista da iQuilibrio.

Além disso, surgem as autossabotagens internas para justificar ações ou manias de pensamentos ruins, como: "Não sou boa o bastante para ninguém!"; "Não sei o sentido da minha vida."; "Não consigo levar nenhum projeto adiante!"; "Sou incapaz de organizar e melhorar minha vida!" e assim por diante.

A espiritualista Juliana afirma que, para todos os sentimentos demasiados, há meios que podem ajudar a reconquistar a segurança e a tranquilidade pessoais.

"As terapias alternativas surgiram para complementarem a medicina tradicional. Determinadas técnicas permitem restabelecer o equilíbrio energético, obter consciência corporal, compreender o passado, acolher a criança interior, entender o papel diante da família, estabelecer metas, cuidar e direcionar escolhas e, por fim, alcançar a harmonia, o bem-estar e a paz", aponta.

O reiki (https://www.uol.com.br/universa/noticias/redacao/2020/05/20/reiki-a-distancia-tecnica-de-cura-promete-minimizar-efeitos-do-isolamento.htm), por exemplo, é capaz de equilibrar e harmonizar o campo energético de cada pessoa. Segundo a espiritualista da iQuilibrio, a prática pode ser associada com as principais técnicas de Feng Shui, incluindo ainda a aromaterapia, a cromoterapia e os florais, que auxiliam na manutenção energética e corporal.

A seguir, Juliana indica intervenções eficientes para melhorar e fortalecer a autoestima.

Cristais

Há pedras que intensificam a energia do amor-próprio, que podem ser usadas por meio de pingentes, brincos e pulseiras ou, ainda, no formato bruto. "Também podem ser colocadas em carteiras, mesas de trabalho, bolsas ou em contato com a pele", ensina a especialista.

De acordo com Juliana, cristais voltados para o amor-próprio mexem com a cor rosa claro e tons nesta mesma paleta cromática. São muito bem-vindos para a transformação pessoal, que acontece diariamente:

Quartzo rosa
Rodonita
Jasper vermelho
Ametista
Selenita

A especialista ressalta a importância da limpeza diária do cristal: uma das maneiras é colocá-lo em copo com água. Outra é deixá-lo sob a luz solar ou lunar. "Se for diretamente na luz do sol, não pode ficar muito tempo para não danificar a pedra", avisa.

Chás

Outra alternativa boa e "gostosa" envolve chás. O de camomila, hibisco e jasmim é bastante indicado para trabalhar a autoestima. Se quiser, podem ser acrescentados canela e cravo, especiarias que mexem diretamente com a energia quente, isto é, de acalento, cuidado e segurança.

Juliana observa que a prática pode se transformar em ritual (com detalhes definidos pela intuição pessoal), respeitando um tempinho a cada dia exclusivamente para cuidar de si.

"Preparar chá deve ser um momento de ternura e alegria por estar na própria companhia. A pessoa deve se livrar de sentimentos ruins. Nesse processo, poderá fazer exercícios de respiração no vapor do chá. E é melhor evitar tomá-lo em frente a tevês ou celulares", sugere.

Óleos essenciais

A aromaterapia se revela bastante poderosa no combate a sentimentos e estados psicológicos desagradáveis, sendo o óleo essencial de lavanda um dos melhores para tais situações.

"A energia da lavanda é incomparável. Ela pode nos conectar à nossa essência, fazendo com que reconheçamos o nosso verdadeiro valor. Além disso, traz equilíbrio, clareza e calma", cita Juliana.

No dia a dia, o óleo essencial de lavanda pode ser adotado em aromatizadores que vaporizam a essência ou, ainda, aplicado nas mãos, que devem ser levadas ao nariz para se absorver o cheiro.

Banhos

Rituais que envolvem banhos são igualmente formas de conexão com o "eu interior". O banho de autoestima com rosas brancas aparece como um dos mais eficientes.

Ingredientes necessários:

1 litro de água
3 colheres (sopa) de mel
Pétalas de 7 rosas brancas

O preparo é simples: coloque as pétalas em recipiente que comporte toda a água, esfregando-as na palma da mão para que desmanchem. Depois, adicione o mel e misture.

"Enquanto estiver fazendo esse processo, a dica é se conectar com os próprios pensamentos, livrar-se das angústias e respirar profundamente, atraindo energias positivas para o ambiente", recomenda a espiritualista.

O banho de rosas deve ser tomado ao final da ducha higiênica diária, sendo a mistura jogada do pescoço para baixo. As sobras precisam ser descartadas na natureza.

Mantras

Cada pessoa pode criar o próprio mantra e repeti-lo diariamente. Segundo Juliana, é uma boa ideia fazer um pequeno ritual para descobrir o seu. "Pegue caderno e faça duas colunas: de um lado, anote tudo o que ama em você; no outro, liste as características que precisa desenvolver, a partir do seu ponto de vista", orienta.

A regra principal é que as duas colunas tenham a mesma quantidade de apontamentos, garantindo o equilíbrio de sentimentos. Para todo atributo que gosta, deve-se acrescentar algo que queira melhorar. E vice-versa.

"Com a lista pronta, olhe para ela com carinho e reflita: todos nós somos compostos por erros, acertos, traumas e complicações. Talvez tenhamos errado com escolhas no passado ou perdemos pessoas queridas ou ainda não conseguimos reconhecer nossa importância. Feita essa reflexão, crie uma frase que servirá como mantra", ensina Juliana. Depois, repita-a diariamente.

Simpatia

Por fim, há inúmeras simpatias voltadas para a autoestima. A espiritualista sugere uma alternativa que não foca apenas na beleza, mas trata de uma conexão mais profunda. "Nos faz entender que realmente somos únicos, seres individuais e especiais", explica.

Serão necessárias 7 velas brancas para esse ritual. Todos os dias, acenda uma delas, dedicando-a ao anjo da guarda pessoal e recitando a prece: "Eu me amo, eu me entendo, e me dedico a transformar minha vida!". Deixe a vela queimar e repita a simpatia até completar o ciclo de uma semana.