PUBLICIDADE

Topo

Sexo

"Meu marido tem sofrido com impotência e não quer procurar ajuda"

Todos os homens terão algum tipo de dificuldade de ereção na terceira idade. Mas há soluções -
Todos os homens terão algum tipo de dificuldade de ereção na terceira idade. Mas há soluções

de Universa

29/03/2021 04h00

"Eu e meu marido somos casados há 30 anos. Sempre fomos muito felizes, porém, com a idade, ele tem sofrido com impotência. Isso mexeu demais na nossa relação. O sexo entre a gente sempre foi bom. É difícil vê-lo tendo que lidar com a frustração de, fisicamente, não conseguir manter relações. Compramos alguns brinquedos para apimentar o momento, mas a penetração faz muita falta. Por isso, estou tentando convencê-lo a fazer tratamento, mas para ele ainda é um tabu ter que buscar ajuda em relação a isso."

O relato dado ao episódio do podcast Sexoterapia dedicado ao sexo na terceira idade é comum a mulheres com parceiros com mais de 60 anos. "Todos os homens terão, um dia, dificuldade de ereção. Homens de 70 anos têm três vezes mais chances de ter questões de ereção, se comparados aos homens de 18 a 39 anos", explica Ana Canosa, sexóloga e apresentadora do programa. Ouça o caso completo no minuto 25:53 do vídeo abaixo.

Isso é normal e há muitas alternativas para se tratar esses problemas, como medicamentos para ereção, injeções intracavernosas, bomba a vácuo, cirurgias de revascularização ou de colocação de próteses penianas, além das alternativas como terapia sexual ou mesmo tântrica, que podem ajudar os homens a entenderem melhor seu corpo e seu prazer.

A cultura do imbroxável

O problema, segundo Ana Canosa, é que os homens, especialmente os mais velhos, têm muita dificuldade em falar sobre o assunto. "Isso tem a ver com o contexto simbólico da masculinidade, no qual perder a ereção significa perder sua identidade como homem", diz Ana. "Em vez de procurar tratamento, se deprimem, achando que nunca mais conseguirão fazer sexo."

Os que buscam ajuda podem ter uma vida sexual até o fim da vida, com direito a orgasmo e ejaculação. "A ereção não terá a mesma rigidez, a mesma frequência nem a mesma duração. Mudam também a força da ejaculação e quantidade de líquido ejaculado ficam menores, mas, assim como as mulheres, eles podem fazer sexo e obter prazer.

Mirian Goldenberg, antropóloga e escritora convidada do episódio, reforça a necessidade em se buscar ajuda. "Os homens sofrem mais que as mulheres com o envelhecimento, mas eles não podem falar, não podem se expressar e fingem para eles mesmos que não estão sofrendo", diz Mirian. "A cultura do homem imbroxável oprime as mulheres, mas também mata os homens."

Para saber mais:

  • Livro: Liberdade, felicidade e foda-se (Mirian Goldenberg)
  • Filme: Candelaria
  • Séries: Grace and Frakie (Netflix); O Método Kominsky (Netflix)
  • Instagram: @helenaschargel
  • Ted: A invenção de uma bela velhice (Mirian Goldenberg)
  • Podcast: Meu inconsciente coletivo, episódio Como você goza?

Acompanhe o Sexoterapia

Terceira idade é o tema do oitavo e último episódio da sexta temporada do podcast Sexoterapia, que trata da sexualidade nas diferentes fases da vida.

Nesse episódio, as apresentadoras Marina Bessa, jornalista, e Ana Canosa, sexóloga, recebem a antropóloga e escritora Mirian Goldenberg.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir Sexoterapia, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube —neste último, também em vídeo.

Sexo