PUBLICIDADE

Topo

Alto Astral

Planejar, poupar ou rever gastos: como signos devem lidar com grana em 2021

Como manter as finanças equilibradas em 2021? - Vergani_Fotografia/Getty Images/iStockphoto
Como manter as finanças equilibradas em 2021? Imagem: Vergani_Fotografia/Getty Images/iStockphoto

Claudia Dias

Colaboração para Universa

01/01/2021 04h00

Se há um desejo comum a todos os signos, certamente é ter uma carteira mais abastada, quer permita viver com tranquilidade, sem perrengues financeiros. Que tal, então, aproveitar o início do novo ano e adotar algumas boas práticas em relação à grana?

Com ajuda da astróloga e psicanalista Bianca Ballesteros, listamos, a seguir, as principais características dos signos quando o assunto envolve dinheiro. Ao conhecer a essência de cada representante do zodíaco, é possível se ajustar melhor ao real cenário e adotar hábitos benéficos.

Conselhos financeiros para cada signo em 2021

  • Áries

O ariano é impulsivo em praticamente todas as áreas da vida, inclusive nas finanças. Ele age por impulso e compra sem pensar, o que pode ser uma bomba-relógio a longo prazo, já que, com o tempo, vai perceber que poderia ter economizado muito mais se ponderasse um pouco antes de sair comprando ou gastando seu dinheiro. A meta de Áries em 2021 é ser mais cauteloso e buscar as reais motivações por trás dessa impulsividade.

  • Touro

O nativo de Touro é seguro com dinheiro e pondera até demais antes de gastar seu suado dinheirinho. Mas como nenhum extremo é bom, poderia aproveitar melhor seus recursos, preferindo investimentos em vez de gastos. O taurino precisa lembrar que grana parada no banco ou guardada em casa não rende e que aplicá-la é a melhor saída.

  • Gêmeos

Quem é de Gêmeos vive o aqui e agora, tornando difícil encontrar um geminiano bastante cauteloso com as finanças - só se houver outros posicionamentos no mapa astral que digam o contrário. O problema de não se planejar financeiramente é viver sempre vendendo o almoço para pagar o jantar. O conselho dos astros para o geminiano, em 2021, é aprender a lidar com planilhas, ter um controle rígido das despesas mensais, a fim de manter o orçamento sob controle.

  • Câncer

O canceriano é instável e costuma comprar para compensar emoções — praticamente come e veste sentimentos. Acumulador nato, junta itens que não precisa, comprometendo o orçamento doméstico. Ser mais seletivo na hora de comprar, perguntando-se: "Eu realmente preciso disso?", pode fazer com que o dinheiro permaneça por mais tempo na carteira, trazendo, inclusive, uma recompensa emocional de longa duração.

  • Leão

Os leoninos amam gastar! Consumistas, não pensam duas vezes antes de comprar algo totalmente dispensável, simplesmente por vaidade. Além do mais, não costumam se contentar com itens baratos ou de liquidação. Para eles, tudo tem que ser do bom e do melhor. Se Leão quiser sair do cheque especial ou não comprometer o cartão, precisa passar longe das vitrines, mudar o foco dos desejos e, toda vez que bater a vontade de gastar, investir tempo e energia em outros hobbies, como ler, ouvir música, malhar etc.

  • Virgem

Signo ligado ao elemento Terra, o virginiano tem os pés no chão e é racional. Apesar de se preocupar em ter reserva para eventuais necessidades, é generoso e peca por querer ajudar todos à volta - muitas vezes se endividando ao socorrer alguém com "a corda no pescoço". Para 2021, a meta é pensar mais em si mesmo e distinguir quem realmente é digno de seu altruísmo ou só está se aproveitando de sua boa vontade.

  • Libra

O signo de Libra é regido por Vênus, planeta do amor e da exaltação à beleza. É por isso que não mede esforços para estar sempre muito bem vestido e alinhado, frequentar restaurantes (caros) e comprar itens (também caros) como vinhos, joias e objetos de decoração. Entretanto, é preciso investir em inteligência emocional e aprender a viver bem, com menos ou pouco, o que é um bom exercício para épocas de vacas magras.

  • Escorpião

Escorpianos são práticos e pragmáticos. Compram apenas o que precisam, sem grandes extravagâncias. Sabem poupar e lidar com dinheiro, sempre barganhando por bons descontos. Porém, são emocionais, gostam de presentear e não medem esforços para agradar quem é especial. Essa generosidade, é claro, tende a custar caro! Fechar a torneira, sem sentir culpa, pode ser um caminho para equilibrar as finanças.

  • Sagitário

Quem nasce sob o signo de Sagitário costuma ser o bon vivant do zodíaco, ou seja, vive bem e faz questão de manter esse estilo de vida. Costuma investir em viagens, sem economias com as compras nos lugares que visita, a ponto de gastar mais do que deveria. O melhor conselho é fazer uma programação cautelosa com os gastos, já no início do ano, e seguir à risca esse planejamento, sem agir no calor do momento. Isso pode ajudar a colocar as contas no azul.

  • Capricórnio

Capricornianos são cautelosos em tudo que fazem, inclusive com seus rendimentos e, consequentemente, seus gastos. Preocupados com a estabilidade e a segurança financeira, só o fato de pensarem em ficar sem dinheiro ou endividado já apavora os nativos de Capricórnio. Para não se privarem demais, precisam aprender a aproveitar o que a vida tem de melhor, buscando mais equilíbrio, já que dinheiro também foi feito para gastar ou investir.

  • Aquário

Assim como todo signo de Ar, Aquário não tem muita familiaridade para lidar com as finanças, inclusive por causa da regência de Urano, que costuma deixar certo caos por onde passa. Altos e baixos definem o status bancário aquariano. Para ter um pouco mais de qualidade de vida em 2021, o nativo do signo deveria aprender a economizar um pouco todos os meses, nem que seja uma pequena quantia. Assim, quando Urano resolver passar sem avisar, trazendo o costumeiro caos, não será pego de calças curtas.

  • Peixes

O pisciano pensa em tudo, menos nas contas para pagar. Pouco disposto para lidar com seu dinheiro, normalmente gasta com o que é totalmente dispensável ou doa para os menos favorecidos - atitude louvável, mas nada boa para as finanças pessoais. O nativo precisa lembrar que, para ajudar os outros, precisa se autoajudar primeiro, poupando, fazendo o dinheiro render, para só então estender a mão a quem precisar.

Alto Astral