PUBLICIDADE

Topo

"Fazer o certo exige coragem", posta Calabresa após acusações contra Melhem

Dani Calabresa procurou o compliance da Globo há oito meses para denunciar Melhem de assédio sexual - Reprodução/Instagram @calabresadani
Dani Calabresa procurou o compliance da Globo há oito meses para denunciar Melhem de assédio sexual Imagem: Reprodução/Instagram @calabresadani

De Universa

25/10/2020 11h09

Após a defesa de vítimas do ex-diretor da TV Globo Marcius Melhem afirmar em entrevista à Folha que o artista atuou de forma violenta com várias atrizes da emissora, a atriz Dani Calabresa publicou em sua conta no Twitter uma foto em que se lê: "Os inícios só acontecem quando você arrisca. Vai sem medo e se o medo bater, vai mesmo assim". Na legenda, a frase "fazer o certo exige coragem".

Calabresa procurou o compliance da emissora há oito meses para denunciar Melhem por assédio sexual. Ele também se pronunciou na rede.

Entre os mais de cem comentários, artistas e anônimos prestam solidariedade à artista, mesmo sem ela ter citado o nome de Melhem no post.

"Parabéns por denunciar mesmo sendo possível arriscar sua carreira! Sempre acreditei em vc. Sua coragem é do tamanho do seu Talento. Sucesso Dani-se", escreveu um seguidor. "Vc é gigante amiga!!! Tenho mto orgulho de ti", comentou a atriz Bia Arantes.

Na matéria divulgada neste sábado (24), a advogada criminalista Mayra Cotta explicou que há seis vítimas de assédio sexual contra Melhem, outras de assédio moral, seis testemunhas e um grupo de apoio com mais de 30 pessoas.

"As vítimas e as testemunhas que eu represento depuseram no processo de compliance [aberto pela TV Globo para apurar denúncias contra o ex-diretor]. O processo foi encerrado e elas estavam sem saber muito bem como se organizar para que essa história tivesse um desfecho que reconhecesse tudo o que elas passaram e toda a gravidade do comportamento que o Marcius Melhem teve enquanto ele foi chefe", explicou a profissional.

A Rede Globo se manifestou oficialmente, no final da tarde de ontem, a respeito da matéria. A emissora destacou que não comenta assuntos de compliance, mas que "todo relato de assédio, moral ou sexual, é apurado criteriosamente assim que a empresa toma conhecimento. A Globo não tolera comportamentos abusivos em suas equipes e, neste sentido, mantém um canal aberto para denúncias de violação às regras do Código de Ética do Grupo Globo."

Na sua rede social, o ator Marcelo Adnet, que trabalhou com Melhem em projetos como "Tá no Ar: A TV na TV", escreveu: "Sobre a matéria de Mônica Bergamo na Folha de São Paulo: todo meu apoio e solidariedade às vítimas".

Marcius Melhem também usou as redes, para se defender das acusações. Em seu Twitter, ele escreveu: "SOBRE A MATÉRIA DA FOLHA Como escrever uma nota pra comentar acusações dessa gravidade? Culpados e inocentes dizem a mesma coisa. "Sou inocente." "Vou provar na justiça". Por isso qualquer coisa que eu diga pode soar falsa de cara.".

Ele disse ainda que está disposto a reconhecer seus erros, pedir desculpas e, "se possível, reparar pessoas q eu tenha de qualquer forma magoado. Quero enfrentar isso c/ verdade e humanidade e me expor se for preciso."