PUBLICIDADE

Topo

Alto Astral

Terapias alternativas à distância na quarentena ajudam na ansiedade: lista

Busca de equilíbrio na quarentena pode ser feita à distância - shoo_arts/Getty Images/iStockphoto
Busca de equilíbrio na quarentena pode ser feita à distância Imagem: shoo_arts/Getty Images/iStockphoto

Heloísa Noronha

Colaboração para Universa

07/09/2020 04h00

Vivemos um momento na história da humanidade calcado numa tensão mundial permanente nunca experimentada antes — pelo menos, não nesse século. Além do medo e da angústia constantes em relação à contaminação do Covid-19 e à perda de pessoas queridas, o isolamento social e as incertezas sobre o futuro têm provocado um efeito devastador na nossa rotina. "É uma situação em que emoções, pensamentos e a frequência vibracional estão oscilando muito e tudo se potencializa. Há uma insegurança geral e a resiliência fica comprometida.

A mudança de rotina, as preocupações financeiras e a apreensão com a própria saúde e com a saúde de familiares e amigos geram um estresse para nosso corpo. Fatores mentais influenciam diretamente nossa saúde física, afetando o sistema imunológico. As terapias alternativas, também chamadas de holísticas ou integrativas, abordam o ser humano em toda a sua totalidade e ajudam a promover uma maior estabilidade emocional para que as pessoas possam se fortalecer nesse momento tão desafiador", fala Simone Alves Costa, terapeuta do Espaço UniMandalas Holístico & Educacional, em São Paulo (SP).

Terapias alternativas para passar pela quarentena

Não é à toa que, em uma realidade que nos força a repensar vários paradigmas e a olhar mais para nossos sentimentos, a procura por terapias alternativas tem ganho força — principalmente as realizadas online ou à distância. "As pessoas foram obrigadas a confrontar a incerteza sobre o dia de amanhã, abandonando a sensação de controle que as mantém seguras. Paralelamente, o isolamento nos forçou a um contato com nosso interior, uma vez que algumas muletas sociais foram removidas.

Por isso, estamos vendo drásticas oscilações nos estados emocionais. Ataques de pânico, crises de ansiedade, letargia, apatia e depressão se alternam com momentos de otimismo e de escapismo", observa Roberta Castello Branco, mestre em reiki, terapeuta de leitura de aura e taróloga, de São Paulo (SP).

Para Priscilla Tavollassi, psicanalista integrativa, sensitiva e espiritualista, esse tipo de técnica proporciona mais autoconhecimento, o que conduz ao aumento da fé e da segurança e ajuda a controlar o medo e a ansiedade.

"Elas são ótimas principalmente para quem não estava acostumado a ficar em casa ou não aguenta ter disciplina e seguir regras, sofre de ansiedade, pânico ou depressão", comenta ela, que atende na capital paulista.

E quais terapias podem ser feitas em tempos de confinamento? Radiestesia e radiônica e reiki são as mais indicadas, por trabalharem com vibrações energéticas. É importante ressaltar que essas e outras descritas a seguir são técnicas complementares a tratamentos médicos, psiquiátricos e/ou psicológicos, não podendo, portanto, substituí-los.

Radiestesia e radiônica

Enquanto a radiestesia investiga as radiações naturais dos objetos e seres vivos, a ciência (ou arte) radiônica trabalha essas energias, equilibrando-as e harmonizando-as. No momento da consulta, após várias perguntas sobre as necessidades e os problemas do paciente, o terapeuta atua em seu campo eletromagnético - por isso, embora não seja uma técnica online, mas à distância, é preciso que a pessoa não use o celular nem o computador, pois pode acontecer interferência.

Segundo Tânia Gori, criadora da escola de magia natural Casa de Bruxa, em Santo André (SP), a radiestesia e radiônica é uma "prática holística maravilhosa para orientação das emoções e do desconforto, analisados através de gráficos e do uso de um pêndulo". As mãos também podem ser usadas pelo terapeuta para identificar quais chakras (pontos de energia vital distribuídos em nosso corpo) estão bloqueados e precisam ser limpos.

Reiki

Segundo a fisioterapeuta e terapeuta integrativa Sandra Reis, de São Paulo (SP), o ideal é que o atendimento seja realizado online, em tempo real.

O reiki é uma terapia que utiliza a energia vital universal, que é uma energia inteligente, como ondas radiofônicas.

"E utiliza símbolos sagrados que funcionam como uma chave, que transpõe o tempo e o espaço, interferindo nas ondas quânticas levando a um 'continuum' de tempo e espaço se manifestando no aqui e agora. Dessa forma, alterando a fonte de uma onda de frequência, a onda de frequência em si é alterada", diz.

O modo convencional de receber o tratamento é se deitar em uma maca e recebê-la através das mãos do terapeuta, que emana sua energia para todo o corpo (ou alguns pontos, dependendo do caso) do paciente. "Todos os nossos sistemas de energia estão ligados: mente, corpo e alma", explica Tânia.

"Cada um desses sistemas está conectado e pode afetar um ao outro. Se uma energia de limpeza e cura fluir através do corpo, o corpo espiritual e a mente também serão beneficiados. É assim que o reiki funciona; fluindo pelo corpo, limpando, curando e desintoxicando o sistema em muitos níveis e, portanto, curando a mente, o corpo e as emoções", descreve.

Já Roberta explica que o reiki pode ser usado para problemas de ordem física - alívio de doenças, problemas musculares, aumento da imunidade, etc. -, questões emocionais como ansiedade angústia e raiva e até purificação e limpeza de ambientes. "Outra finalidade é ajudar na resolução harmoniosa de situações. É possível mandar reiki para dissolver a energia pesada de uma briga, por exemplo, ainda que ela já tenha acontecido, ou para que corra bem uma apresentação que o paciente precisa fazer no dia seguinte, mesmo que ela ainda não tenha ocorrido", diz a terapeuta.

Thetahealing

"O thetahealing é uma poderosa ferramenta de autoconhecimento, pois permite acessar camadas profundas do seu subconsciente através da meditação na frequência cerebral Theta e ressignificá-las, promovendo bem-estar físico, mental e espiritual", explica Alexandra Bittencourt, instrutora e terapeuta da modalidade, de São Paulo (SP), que já ministrava atendimentos online para pacientes de outros estados com a ferramenta de preferência do cliente: Skype, FaceTime, Google Meets, Zoom ou Whereby.

Os exercícios de meditação e visualização guiados permitem, conforme Alexandra, acessar memórias profundas sem trazer o "corpo de dor". "A pessoa acessa o trauma, o sofrimento ou o padrão que deseja mudar sem reviver aquela angústia e isso traz clareza daquilo que ela escolhe ressignificar. Durante toda a sessão tudo é feito com a permissão do cliente, que tem total consciência do que está sendo trabalhado", pontua.

Alinhamento de chakras

Uma sessão de alinhamento dos chakras promete proporcionar uma energização imediata no seu corpo. "Isso porque um chakra desalinhado pode deixar a pessoa mais cansada, estressada e desmotivada. Através do alinhamento, é possível sentir sua energia renovada e regenerada assim como identifica situações da sua vida que trouxeram aquele desequilíbrio que podem ser trabalhadas com o thetahealing", comenta Alexandra.

Vale destacar que, segundo religiões orientais, como o hinduísmo e o budismo, chakras são 7 centros de energia ao longo do corpo que regem a nossa estabilidade física, intelectual, emocional e espiritual. A meditação guiada com exercícios de respiração permite estabilizá-los.

Leitura da aura

Nela, o terapeuta lê imagens e mensagens enviadas pelas diferentes camadas da aura do paciente, que não consegue ter acesso a elas em nível consciente.

"Para realizar uma leitura, repito em voz alta o nome do paciente três vezes, de modo a entrar em conexão com seu espírito: essa prática funciona da mesma maneira também à distância", descreve Roberta. Para a leitura da aura, que quando realizada à distância é enviada por áudio, o paciente também não precisa estar sintonizado no momento em que o terapeuta está trabalhando.

"No entanto, existem algumas práticas que ele deve seguir na hora de escutar a sua leitura. Isso porque no momento em que ouve as informações vindas da camada áurica, muitos nós energéticos se desfazem e precisam ser descarregados do sistema. A leitura da aura traz mensagens da natureza do espírito, com o qual não é possível uma conexão, uma vez que estamos vendados pelas atribulações da mente consciente. O terapeuta capta as mensagens do espírito do paciente, lendo as informações de cada um dos sete chakras e também de vidas passadas, a fim de que ele possa se reconectar com a sua verdadeira essência", fala a especialista.

Roberta diz ainda que o processo é muito eficaz para pessoas que precisam de auxílio para encontrar seu verdadeiro propósito ou que buscam ajuda para questões internas mais profundas. "É muito incomum receber pacientes que não tenham algum grau de conexão prévio com a espiritualidade numa leitura da aura", observa.

Alto Astral