PUBLICIDADE

Topo

Leitura de aura contribui para reequilíbrio de energias: conheça técnica

Wojtek Skora/Getty Images/iStockphoto
Imagem: Wojtek Skora/Getty Images/iStockphoto

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

31/03/2020 04h00

Aura azul, aura verde, aura lilás. Você já ouviu falar sobre cor de aura? A visualização de aura já é bastante conhecida no meio esotérico e se trata de uma técnica em que um terapeuta se senta na frente da pessoa e, com os olhos abertos, consegue identificar a cor que emana do campo áurico (o campo que circunda o corpo material) dela.

Isso pode revelar a personalidade da pessoa e traçar técnicas para equilibrar sua energia. A leitura de aura, então, vai ainda mais fundo e promete trazer muito autoconhecimento.

Leitura de aura: entenda técnica

"A leitura é diferente da visualização. Na técnica, fazemos uma leitura metafórica e simbólica do campo energético da pessoa através de processos de clarividência, clariaudiência e outras ferramentas psíquicos. Nós não trabalhamos com entidades, mentores ou guias. É um trabalho de contato com a fonte divina", explica a terapeuta energético-corporal Leticia Cocciolito.

Iniciada no assunto pela Escola da Aura, ela acabou desenvolvendo seu próprio método de leitura através de outras formações espirituais e terapêuticas.

Segundo Leticia, as informações que chegam em uma leitura de aura dizem respeito ao momento atual da pessoa. Para visualizar esse panorama, é preciso fazer uma meditação de limpeza de chakras com a visualização de rosas nas cores dos chakras para o campo áurico e também para o ambiente em que a terapia está sendo feita — presencialmente ou à distância.

Símbolos e visões

Num primeiro momento, a terapeuta visualiza a flor e, dependendo de sua cor, ela consegue identificar qual chakra está mais energizado no momento. "Por exemplo, o amarelo faz uma referência ao chakra do plexo solar. Posso dizer para a pessoa que provavelmente ela está em um momento em que a personalidade dela está super forte, que ela está com segurança e autoestima para se mostrar ao mundo. É muito individual, não há uma cartilha de interpretação", diz.

Auras individuais

Cada pessoa e cada aura são únicas, segundo a terapeuta. Assim como cada leitura. Tem leitores que conseguem enxergar outras vidas, animais de poder no xamanismo, guias que acompanham a pessoa que está sendo lida, presenças que criam dificuldades em algum campo da vida, luzes e cores. "Importante dizer que não tem previsão nem adivinhação. É um trabalho de conexão com o que a pessoa está sentindo no momento."

Por isso mesmo uma leitura de aura não é definitiva. Em cada fase da vida, ela pode trazer informações diferentes e a indicação é não ler novamente antes de três meses. Além disso, é preciso um tempo após a leitura para que a pessoa reconheça em sua vida as informações recebidas no momento da terapia.

Como é feita a leitura da aura

A terapeuta explica como é feita a leitura da aura, para que a pessoa se sinta protegida no processo.

"Eu peço autorização para entrar no campo da pessoa, me conecto com o Sol central, com o criador e me visualizo em uma cápsula de luz dourada que me protege e me ilumina. Visualizo também outras cores para transmutar as energias que precisam ser transmutadas e peço para a pessoa fazer o mesmo. É importante se imaginar em uma cápsula de proteção para que ela se sinta amparada e protegida durante a leitura".

Quando a sessão é feita à distância, o cliente deve ficar em repouso e em estado de relaxamento para que o terapeuta consiga fazer seu trabalho. Ao final, é feito um corte energético e pede-se para que toda energia que não é do campo do terapeuta seja entregue para o centro da terra e reciclada. O resultado da leitura é enviado por áudio para o cliente.

Como a vida real interfere na aura das pessoas

Nosso campo energético está o tempo inteiro em mudança e vibra de acordo com as circunstâncias do momento presente. Se há preocupação com dinheiro, com o ego, com os relacionamentos, é possível visualizar no campo áurico. "Eu não só vejo o bloqueio e a situação, mas também recebo a informação de o que a pessoa pode fazer para mover essa informação", explica.

Leticia, que também trabalha com baralho cigano e com a terapia energética corporal Amanae, relata que há situações da vida real que também interferem nos atendimentos. Houve uma cliente que estava com a cabeça muito quente — e a mensagem veio associada ao uso constante que ela fazia de chapinha para alisar os cabelos.

"A mensagem que veio era para ela parar de fazer chapinha e tomar banho mais frio. Às vezes é tão direto e simples que até damos risada", comenta. "Também já dei o conselho de dançar para movimentar o chakra sexual, de caminhar pelo solo para trazer o que chamamos de 'aterramento'".

Alto Astral