PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Leandra Leal diz que Malala e Greta Thunberg são as heroínas da filha

Leandra Leal levou a filha para as gravações de "Aruanas" - Reprodução/Instagram @leandraleal
Leandra Leal levou a filha para as gravações de 'Aruanas' Imagem: Reprodução/Instagram @leandraleal

De Universa, em São Paulo

03/06/2020 09h01

A atriz Leandra Leal, no ar na série "Aruanas" da TV Globo, afirma que a filha tem as ativistas Malala Yousafzai, do Paquistão, e Greta Thunberg, da Suécia, como referência.

Malala ficou conhecida mundialmente conhecida por enfrentar as autoridades locais paquistanesas lutando pelo direito à educação das mulheres. Ela se tornou a pessoa mais jovem a ser laureada com o Prêmio Nobel da Paz em 2014, aos 17 anos.

Greta, por sua vez, liderou um movimento de greves escolares contra as mudanças climáticas e foi eleita Personalidade do Ano pela revista Time no ano passado, aos 16 anos.

"A Julia tem a Malala no imaginário, tem a Greta no imaginário. Essas são suas heroínas. Isso é bárbaro", afirmou Leandra em entrevista à Quem.

Ela contou que a escola tem um papel importante ao apresentar figuras jovens tão relevantes à filha Julia, de 5 anos. "Ela está em uma escola que é superforte nas abordagens dos mais diversos assuntos", contou.

A atriz de 37 anos levou a filha para as gravações de "Aruanas" assim como sua mãe, Ângela Leal, a levou para as gravações da novela "Pantanal", em 1990. "Eu lembro de 'Pantanal'. Naquela época, estava na condição de filha e, agora, os papéis mudaram", disse Leandra.

"É legal criar essas memórias, espero que sejam boas memórias as que ela constrói desde novinha. Minha filha é de uma geração muito peculiar", disse.

Leandra havia ido ao Amazonas um ano antes do período de gravações da série e queria voltar ao estado com a filha. "Hoje, é cada vez mais raro gravarmos em locação. Quando veio a viagem para o Amazonas para 'Aruanas', quis que a Julia fosse junto", contou.

Na entrevista, a atriz disse que a segunda temporada de "Aruanas" está confirmada, mas as gravações seguem suspensas em função da pandemia do novo coronavírus.

Mães e filhos