PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Ensaio de grávida à distância: fotógrafos fazem fotos por chamada de vídeo

A influencer Juliana Goes em foto na sacada, em frente ao varal: "Procurando um lugar ao sol em meio à bagunça" - Reprodução/Instagram
A influencer Juliana Goes em foto na sacada, em frente ao varal: "Procurando um lugar ao sol em meio à bagunça" Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa

08/04/2020 15h21

A quarentena pegou muita gente de surpresa e, nessa, muitos planos tiveram que ser adiados para evitar a disseminação da maior pandemia dos últimos anos — um motivo justo para cancelar a agenda dos próximos meses.

Mas, e quando não dá para esperar? No caso das mulheres grávidas, por exemplo, que esperavam fazer ensaios fotográfico de gestante? Bom, parece que encontraram uma alternativa. Nesses tempos de isolamento, a nova moda é fazer ensaios por chamadas de vídeo.

A apresentadora Titi Muller foi uma das que aderiu. Ela postou em seu Instagram as fotos do ensaio com o fotógrafo Jorge Bispo. Grávida de seis meses do primeiro filho, Benjamin, contou que estava chateada por não ter conseguido fazer fotos com o barrigão.

Mas aí veio a tecnologia. "Obrigada @jorgebispo por registrar esse momento tão louco e pontente. Tudo meio improvisado, tudo muito criativo, e assim a gente vai."

A influencer Juliana Goes, grávida pela segunda vez, também optou pelo ensaio à distância, dirigido pelo fotógrafo Rodolfo Corradin.

Em conversa com Universa, Corradin disse que teve a ideia a partir do trabalho de um fotógrafo italiano que segue nas redes sociais chamado Alessio Albi. "Ele tem feito fotos de modelos por webcam e achei muito legal. Adaptei a ideia para não ficar apenas para modelos e tem dado certo. Ainda é o início, mas nos próximos dias vou fotografar muitas pessoas em suas casas", afirma.

Na postagem de uma das fotos, Juliana, por exemplo, aparece na sacada, em frente a um varal de chão. "Essa foi nossa locação conceitual", brincou. "Procurando um lugar ao sol em meio à bagunça. Literalmente o que muitos estamos sentindo por dentro e por fora", escreveu.

O que surgiu como uma distração de quarentena virou um novo filão de trabalho: Corradin conta que várias mulheres o procuraram para fazer um ensaio parecido ao de Juliana e, agora, já está oferecendo o serviço.

O fotógrafo diz que as fotos são prints feitos com o seu celular. E que, antes do ensaio, é preciso fazer todo um planejamento para saber como é a casa e em quais cômodos podem rolar as fotos — ele inclusive pede imagens do lar do cliente.

"Depois faço a ligação via FaceTime para quem utiliza IOS e por outros apps para Android ou computador", conta.

Durante a sessão, ele também "dirige" as poses e cenas. "Normalmente quem não trabalha com redes sociais não tem o costume de fotografar com frequência, então, nessa hora, a direção é essencial para conseguir ter um ótimo resultado e registrar o melhor de cada pessoa."

Mães e filhos