PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Titi Müller pinta quarto do bebê e desabafa sobre gravidez em quarentena

Titi Müller e Tomás Bertoni pintam o quarto do filho - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Titi Müller e Tomás Bertoni pintam o quarto do filho Imagem: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Colaboração para Universa

31/03/2020 10h27

Titi Müller e o marido, o músico Tomás Bertoni, estão se preparando para a chegada do primeiro filho. Enquanto estão em isolamento, eles aproveitam para preparar o quartinho do bebê, que se chamará Benjamin. A apresentadora também fez um desabafo sobre como é estar grávida em meio ao surto de coronavírus.

"Começamos a pintar o quartinho do Benja. Adaptamos algumas coisas do projeto maravilhoso. Não vai ficar do jeito que tínhamos planejado, mas foi o que deu pra fazer e tem todo o nosso amor nessas paredes", contou a apresentadora ao publicar foto dos dois com as mãos na massa.

Titi contou que não era como ela tinha planejado, mas infelizmente é o que pode ser feito. Eles tinham contratado uma arquiteta para projetar o ambiente, mas o coronavírus impediu que o projeto continuasse.

"Por mais que a gente estude sobre maternidade real e os perrengues da gravidez até zerar o assunto, é impossível não idealizar esses nove meses. Ensaiei mentalmente mil vezes como seria desfilar com o barrigão na rua, escolher cada peça do enxoval, me sentir linda nos looks de grávida e montar o quartinho dos sonhos. Massagens, dieta equilibrada, terapias, consultorias, tava tudo no esquema. Eis que surge uma pandemia no meio do caminho e assim que a barriga começou a despontar, tive que me trancar em casa. Não consegui comprar nada, Benja herdou quase tudo que tem do Léo e do Tintin (Bel Murray e Tainá Müller abençoadas). Em compensação, tenho vários looks lindos de grávida com etiqueta no armário. E a cada dia eu entendo mais que todos esses itens que a gente coloca em um check list infinito são gostosos de ter, mas que a gente não precisa de quase nada. Que necessário mesmo agora é o colo do meu marido, que não tem coisa mais linda do que ver meu filho usando o que já foi de outras crianças e que na verdade ele não vai precisar de nada além de nós. Que é ótimo contar com terapeutas pra lidar com tanta coisa que acontece no corpo, mas ele mesmo proporciona todas as ferramentas que eu preciso nesse momento", comtou ela.

Titi se mostrou bastante preocupada com o futuro por conta da pandemia do coronavírus. "Esse tempo tem escarrado na nossa cara cada um dos nossos privilégios. Não sei o que vai acontecer amanhã, mas sou grata hoje por ter ressignificado cada um deles. Ver o Tomás aprendendo a cozinhar, passar o dia de pijama sem maquiagem, prestar atenção em cada desperdício. Lavar o banheiro, a louça, tirar o lixo e sentir o orgânico muito maior que o seco. E principalmente poder receber o meu filho depois de ter feito esse trainee do puerpério, em um ambiente meio improvisado, sem a rede de apoio que eu esperava, mas com muito mais consciência e amor. Somos um time e assim vai ser pro resto das nossas vidas", finalizou.

A apresentadora está grávida de 6 meses e Benjamin deve nascer em junho. Em outra publicação recente, ela compartilhou também que ficou chateada por ter desmarcado ensaios de gestante.

Hoje começamos a pintar o quartinho do Benja. Adaptamos algumas coisas do projeto maravilhoso que a @alinekrupkoskiarquitetura fez pra gente. Não vai ficar do jeito que tínhamos planejado, mas foi o que deu pra fazer e tem todo o nosso amor nessas paredes. Por mais que a gente estude sobre maternidade real e os perrengues da gravidez até zerar o assunto, é impossível não idealizar esses nove meses. Ensaiei mentalmente mil vezes como seria desfilar com o barrigão na rua, escolher cada peça do enxoval, me sentir linda nos looks de grávida e montar o quartinho dos sonhos. Massagens, dieta equilibrada, terapias, consultorias, tava tudo no esquema. Eis que surge uma pandemia no meio do caminho e assim que a barriga começou a despontar, tive que me trancar em casa. Não consegui comprar nada, Benja herdou quase tudo que tem do Léo e do Tintin (@belmurray e @tainamuller abençoadas). Em compensação, tenho vários looks lindos de grávida com etiqueta no armário (alô @soubasico , um dia uso tudo, nem que tenha que engravidar de novo só pra isso). E a cada dia eu entendo mais que todos esses itens que a gente coloca em um check list infinito são gostosos de ter, mas que a gente não precisa de quase nada. Que necessário mesmo agora é o colo do meu marido, que não tem coisa mais linda do que ver meu filho usando o que já foi de outras crianças e que na verdade ele não vai precisar de nada além de nós. Que é ótimo contar com terapeutas pra lidar com tanta coisa que acontece no corpo, mas ele mesmo proporciona todas as ferramentas que eu preciso nesse momento. Esse tempo tem escarrado na nossa cara cada um dos nossos privilégios. Não sei o que vai acontecer amanhã, mas sou grata hoje por ter ressignificado cada um deles. Ver o Tomás aprendendo a cozinhar, passar o dia de pijama sem maquiagem, prestar atenção em cada desperdício. Lavar o banheiro, a louça, tirar o lixo e sentir o orgânico muito maior que o seco. E principalmente poder receber o meu filho depois de ter feito esse treinee do puerpério, em um ambiente meio improvisado, sem a rede de apoio que eu esperava, mas com muito mais consciência e amor. Somos um time e assim vai ser pro resto das nossas vidas.

Uma publicação compartilhada por Titi Müller (@titimuller_) em

Mães e filhos