PUBLICIDADE

Topo

Stalkeadas

Um olhar diferente sobre o que bomba nas redes sociais


Casal lésbico se casa na rua em NY, com convidados e 'padre' à distância

Reily e Amanda se casaram na rua, em Nova York - Reprodução/Instagram
Reily e Amanda se casaram na rua, em Nova York Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

24/03/2020 09h56

Resumo da notícia

  • O casal Reilly e Amanda se casou nas ruas de Nova York
  • Em tempos de coronavírus, convidados e 'padre' ficaram à distância
  • Amigo do casal conduziu a cerimônia da janela do apartamento, aos berros
  • 'O momento mais Nova York de todos', brincou Reilly no Instagram

Reilly e Amanda não deixaram a pandemia do novo coronavírus atrapalhar os seus planos de casamento — mas também encontraram um jeito de manter todo mundo seguro enquanto celebravam sua união. O casal realizou o casório no meio da rua, em Nova York, com convidados e o 'padre' a uma distância segura.

No Instagram, Reilly contou que, originalmente, ela e a noiva tinham marcado a cerimônia para outubro. No entanto, com o fechamento de comércios (confeitarias, bufês, etc) por causa da pandemia, ficou cada vez mais difícil planejar uma grande festa.

Logo, as duas resolveram apenas ir até um cartório e assinar uma licença de casamento, acompanhadas de alguns amigos — nos dias seguintes, no entanto, a prefeitura de Nova York começou a fechar serviços governamentais para restringir ainda mais a transmissão da doença.

A esperança do casamento parecia perdida, mas Reilly e Amanda acabaram descobrindo que um amigo do casal, o consultor de comunicação e ex-palhaço Matt Wilson, tinha também uma licença para oficializar casamentos, e poderia conduzir a cerimônia para elas.

No mesmo dia, elas vestiram suas melhores roupas, chamaram quatro dos seus melhores amigos, e foram até a rua embaixo da janela de Wilson, que fez a cerimônia aos berros de dentro do apartamento. Enquanto isso, as "testemunhas" ficaram a uma distância segura, dentro de seus carros.

"Que dia!", escreveu Reilly no Instagram. "Em meio a toda a incerteza e desespero que vivemos atualmente, me casar com o amor da minha vida no momento mais Nova York de todos foi perfeito. Eu esperei quatro anos para chamá-la de 'minha mulher', e este casamento foi a cereja no bolo".

Stalkeadas