PUBLICIDADE

Topo

Sargento da Marinha é preso após ejacular no braço de uma mulher no ônibus

Caso aconteceu na linha 409, em São Gonçalo; em nota, a Marinha informou que está apurando os fatos relatados pela vítima - Reprodução/Facebook
Caso aconteceu na linha 409, em São Gonçalo; em nota, a Marinha informou que está apurando os fatos relatados pela vítima Imagem: Reprodução/Facebook

De Universa, em São Paulo

19/02/2020 20h56

O Terceiro Sargento da Marinha José Carlos Vidal Ferreira, 34, foi preso em flagrante na manhã de hoje após ejacular no braço de uma mulher dentro de um ônibus, no Rio de Janeiro. A vítima, Priscila Trindade Rodrigues, 32, expôs o caso em seu perfil no Facebook.

"Esse nojento, filho de chocadeira, ejaculou no meu braço dentro do ônibus, na BR 101! Às 7h10, a caminho do trabalho, quantas mais mulheres passam por isso e são desacreditadas e desassistidas? [...] Meu corpo não é objeto sexual!", escreveu Priscila.

O caso aconteceu na linha 409, que percorre a Rodovia Niterói-Manilha, em São Gonçalo (Região Metropolitana do Rio).

Ao jornal Extra, a vítima contou que, quando percebeu o que tinha acontecido, gritou para os demais passageiros e recebeu apoio. Na altura da Ilha das Flores, onde há sempre uma patrulha, ela fez sinal para a viatura, que obrigaram o motorista a parar.

Os policiais, após ouvirem o relato de Priscila e verem a calça suja do assediador, prenderam José Carlos e o levaram para a Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de São Gonçalo. Já fichado, o sargento agora vai responder por crime de importunação sexual.

Em nota, a Marinha informou que está "instaurando um processo administrativo para apurar os fatos" e reiterou seu "firme posicionamento contra condutas que afetam a honra e o pundonor [valor] militar".

Violência contra a mulher