PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Fabiula Nascimento quer ser mãe ainda neste ano: "de barriga ou adotado"

Divulgação/TV Globo
Imagem: Divulgação/TV Globo

De Universa, em São Paulo

22/01/2020 09h03

A atriz Fabiula Nascimento disse, em entrevista ao site Gshow, que pretende ser mãe. Atualmente com 41 anos, Fabiula tem um relacionamento de três anos com o ator Emilio Dantas e disse que o plano pode sair do papel ainda neste ano.

"Vou ser mãe com certeza, de todas as maneiras, o que vier. Amor é convivência. Pode ser da barriga, adotado. A gente quer muito e, se for esse ano, ótimo", disse.

Sobre Emilio Dantas, Fabiula Nascimento disse mais importante do que casar é manter a relação de respeito e amor.

"O Emílio é o amor da minha vida. Ele é muito leve, um presentão! Tem uma vibe parecida com a minha e a gente rema para o mesmo lugar. Temos uma relação de respeito, conversa, admiração, leveza e amor puro. Não casamos no papel, menor vontade. Quer maior casamento que uma casa e três cachorros? É o maior papel assinado do mundo!", disse.

"O amor é diferente do que inventaram e mostram para a gente. Não é ardente, não é confuso, não dói. O amor é beleza, calma, tranquilidade, segurança e tenho tudo isso. É a primeira vez que vivo o amor real, com todo seu potencial, de afeto, troca. Emilio é uma pessoa que eu amo e se não fosse meu marido, ia amar da mesma forma. Me traz coisas muito lindas. Trocamos figurinhas o dia inteiro! Acha que não vou aproveitar o ator que tenho em casa? Claro! A gente conversa sobre tudo", completou.

Fabiula Nascimento se despede da personagem Nana, de Bom Sucesso, nesta semana. "A Nana era um papel do dia a dia, acho que justamente isso foi o atrativo para o público votar e se identificar com ela. Bom Sucesso trouxe isso. Uma mulher atual, que precisa cuidar da filha, trabalha fora, dona de seus desejos, vida e conta bancária. Vive em um relacionamento que não tem afeto, mas tem segurança de ter o cara ali e não tem noção do que ele faz", disse.

A atriz ainda falou sobre o momento de realização que vive. "Não tive crise dos 40 e, quando fiz 39 pensei: Gente! Será 'enta'! Mas o que mais me vem na cabeça não é o físico e sim ir embora do planeta, saber que se tem mais 40 anos aqui. O corpo não vai mais responder como respondia aos 20 e o cuidado com a alimentação redobra, pele, qual a prioridade do que se vai colocar para dentro do corpo", disse.

"A grosso modo posso dizer que sou uma mulher feliz consigo mesma, realizada profissionalmente e muito bem amada. Sou apaixonada pelo meu marido e tenho uma legião de gente bacana ao meu redor, que torce por mim. Um fã clube que respeita minha individualidade, muita gente gerando energia boa e entramos nessa corrente", completou.

Mães e filhos