PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Manuela Dias, autora de Amor de Mãe, diz que sofreu 3 abortos espontâneos

Jorge Bispo/Divulgação
Imagem: Jorge Bispo/Divulgação

De Universa, em São Paulo

03/01/2020 09h14

Autora de Amor de Mãe, atual novela das nove da TV Globo, Manuela Dias revelou que o nome e o conteúdo da trama têm ligação direta com um drama pessoal vivido por ela.

Isso porque a autora de 42 anos revelou, em entrevista à revista Crescer, que sofreu três abortos espontâneos antes de dar à luz sua filha Helena.

"Eu sempre sonhei em ser mãe e nunca achei que, comigo, fosse ser tão difícil. Perdi três bebês antes de conseguir ter Helena. Quando ela finalmente nasceu, nasceu junto com ela a ideia de Amor de Mãe. A novela veio inteira na minha cabeça, com nome, enredo e tudo", disse ao veículo.

O nascimento de Helena mudou as percepções que a autora tinha sobre maternidade. "Sabe aquela frase 'quando for mãe, você vai entender'? É a coisa mais verdadeira que tem. É fácil julgar a mãe cujo filho faz manha na rua ou a outra que deixa a criança com sobrepeso comer chocolate. Mas quando você é mãe, entende que o buraco é muito mais embaixo".

Em relação às incertezas e ao sentimento de culpa na maternidade, temas abordados na trajetória da novela, Manuela foi enfática:

"Acho que com o filho, nasce a mãe e com a mãe, nasce a culpa! Como boa baiana, a minha "prateleira da culpa" é menor do que o normal. Mesmo a melhor mãe do mundo tem vontade às vezes de estar sem seu filho, e ela não precisa se sentir culpada por isso. Até as deusas têm suas fraquezas, que diremos nós humanos".

Mães e filhos