Topo

Mia Khalifa diz que foi intimidada a gravar cena com hijab: "Vão me matar"

A ex-atriz pornô Mia Khalifa - Reprodução/Instagram
A ex-atriz pornô Mia Khalifa Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

23/08/2019 09h28

A ex-atriz pornô Mia Khalifa - hoje comentarista esportiva - falou sobre sua cena mais polêmica no mundo dos filmes adultos. Ela fez fama por conta de um filme em que aparecia fazendo sexo trajando hijab, o que inclusive gerou ameaças de morte. Mia disse à BBC que teve ressalvas em gravar com a vestimenta e que foi intimidada pelos produtores.

Mia teve sua origem árabe usada como tema de um de seus filmes e foi questionada em entrevista ao BBC Hard Talk: "Você usou o hijab e, claro, as coisas se desenrolaram para uma cena de sexo. Você devia saber o quão provocativo era, não?".

A libanesa radicada nos EUA confirmou: "Eu verbalizei para eles: 'Vocês vão me fazer ser morta'. E eles apenas riram".

Mia Khalifa com lenço na cabeça - Reprodução
Mia Khalifa com lenço na cabeça
Imagem: Reprodução

Questionada por que não desistiu da cena, ela explicou: "Intimidação. Eu estava assustada. Eu sabia que se eu dissesse 'não'... Sabe, eles não vão te forçar [a fazer sexo], chegar a esse ponto seria estupro - e ninguém vai te forçar a fazer sexo. Mas, eu ainda estava assustada."

"Você já se sentiu nervoso para falar a algum garçom no restaurante que sua comida não está boa, quando ele vem e diz: 'Como estão as coisas?'. Eu fiquei intimidada, eu estava nervosa", completou. Mia compartilhou nos stories de seu instagram o trecho da entrevista.

Em 2017, ela disse na rádio The Sports Junkies que recebeu ameaça de morte do Estado Islâmico por conta do polêmico vídeo.

Mia ainda falou sobre a pornografia e salientou que o que se vê nas telas não é a realidade. "Claro que a pornografia afeta relacionamentos. Vício em pornografia é algo muito preocupante nos EUA. O que homens veem em vídeos, eles esperam das mulheres em suas vidas, e aquilo não é a realidade. Ninguém terá aquela perfeição, ou vai agir daquela forma numa quarta-feira à noite com alguém que ama."

Na semana passada, ela falou em entrevista a uma coach quanto ganhou em sua curta carreira na indústria pornográfica.

"As pessoas acham que estou ganhando milhões com pornografia. Completamente falso. Eu ganhei um total de US$ 12 mil na indústria e nunca vi um centavo depois disso. A dificuldade de encontrar um trabalho normal depois de sair da pornografia foi assustadora", disse ela, de 26 anos.

Hoje Mia trabalha principalmente em programas de esportes, como comentarista.

"Não consigo me relacionar com mais ninguém", diz ex-atriz pornô

RedeTV! Entretenimento

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Violência contra a mulher