PUBLICIDADE
Topo

Instabilidade deixa fora do ar sites de notícias e redes sociais

Sites de notícias, como o Financial Times, amanhecem fora do ar por instabilidade - Reprodução
Sites de notícias, como o Financial Times, amanhecem fora do ar por instabilidade Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo*

08/06/2021 08h02Atualizada em 08/06/2021 11h16

Uma instabilidade derrubou sites de importantes veículos de comunicação na manhã de hoje. Foram atingidos The New York Times, Le Monde, BBC, The Guardian, Financial Times, Bloomberg e El Mundo. Alguns sites já voltaram a operar normalmente.

A falha também atingiu sites da Casa Branca e dos governos da Itália e do Reino Unido. Amazon, Spotify, Reddit, PayPal e a rede social Twich foram outros serviços que ficaram fora do ar por alguns instantes.

Ao tentar acessar um dos sites, uma mensagem de erro de conexão ou de que o serviço não está disponível aparecia na página.

O site Downdetector, que monitora instabilidades em plataformas online, havia sinalizado que o problema afetou o Fastly, fornecedor de serviços de computação em nuvem, sediado nos Estados Unidos.

Em comunicado divulgado em seu site mais cedo, o Fastly afirmou que estava investigando um potencial impacto no desempenho de seus serviços. A empresa comunicou ainda que a maioria das áreas de cobertura do Fastly enfrentava "performance degradada".

Posteriormente, a companhia confirmou que uma configuração foi a responsável por interromper os pontos que permitem que o conteúdo de determinada página online seja enviado aos usuários. Ela foi desabilitada e o serviço começou a ser normalizado.

A instabilidade teve início por volta das 7h (horário de Brasília) e durou aproximadamente uma hora.

Erro 503

Ao tentar acessar as páginas, usuários encontravam mensagens de que havia falha na conexão ou "Erro 503 serviço não disponível". O código indica que o servidor ( responsável por intermediar a comunicação entre o site e os usuários) não está pronto para lidar com a requisição de acesso.

Entre as causas comuns para o problema estão a manutenção do servidor ou sobrecarregamento com alto volume de conexões.

*Com AFP, BBC, Reuters e ANSA