PUBLICIDADE

Topo

Radar


Com NBA suspensa, jogadores viram streamers de LoL e Call of Duty

Gordon Hayward, do Boston Celtics, joga League of Legends na Twitch - Reprodução/Twitch
Gordon Hayward, do Boston Celtics, joga League of Legends na Twitch Imagem: Reprodução/Twitch

Rodrigo Lara

Colaboração para o START

24/03/2020 10h56

Com o avanço do coronavírus e casos de infectados ao redor do mundo, os principais campeonatos esportivos, das mais diversas modalidades, foram afetados. Isso quer dizer que seja você fã de futebol, de basquete, de automobilismo ou de qualquer outra modalidade não verá novidades no seu campeonato favorito tão cedo. Até mesmo os Jogos Olímpicos de Tóquio foram adiados para 2021.

Do outro lado, esportistas também encaram dias de incertezas e cuidados redobrados. Sem disputas oficiais, muitos deles resolveram exercitar suas habilidades em outros campos: virando streamers de games como LoL, Fortnite e Call of Duty.

Desde o agravamento do surto da covid-19, diversos atletas resolveram criar canais para transmissões das jogatinas. E uma das ligas que mais "cedeu" atletas aos games foi a NBA, o campeonato de basquete dos EUA.

Alguns jogadores como Gordon Hayward, ala do Boston Celtics, já era figura conhecida no Twitch. E se você acha que ele passa o tempo jogando games da série NBA 2K, está enganado: a especialidade do jogador é League of Legends.

Ainda no terreno da NBA, outra figura carimbada nas lives é o pivô do Minnesota Timberwolves, Karl-Anthony Towns, que passa boa parte do seu tempo online jogando partidas do modo Warzone de Call of Duty: Modern Warfare.

Eles não são os únicos da liga a passarem tempo online. Só para citar mais alguns, que vão de Modern Warfare a Fortnite:

Além deles, Luka Doncic, ala-armador do Dallas Mavericks e um dos jogadores mais promissores do momento, também já manifestou o interesse em participar de lives. Em seu perfil no Twitter, o jogador já pediu ajuda para montar um setup para jogar e transmitir partidas - convenhamos, com o salário de jogador de basquete profissional, montar o equipamento será o menor dos problemas.

E não são só os jogadores: o perfil do Phoenix Suns no Twitch também entrou na onda e transformou a partida que teria contra o Dallas Mavericks em uma disputa no game NBA 2K.

Além da NBA

Apesar de a turma do basquete parecer a mais engajada na transmissão de partidas online, atletas de outras modalidades também se aventuram em streamings durante o isolamento social. Alguns, como o lutador de MMA e ex-campeão do UFC, Demetrious Johnson, já é veterano das transmissões, especialmente de games de tiro. Nos últimos dias, as transmissões se concentraram no hardcore Escape from Tarkov.

A Fórmula 1, por sua vez, decidiu realizar disputas online nos dias em que corridas canceladas ou adiadas aconteceriam. Além da iniciativa, alguns pilotos, como Lando Norris, da McLaren, se mantêm ativos no automobilismo virtual. Nas corridas transmitidas por Norris, inclusive, é comum ter outras figuras conhecidas, como Max Verstappen e o brasileiro Felipe Nasr.

E, claro, não poderia faltar a turma do futebol. Há vários representantes do esporte nas plataformas online, mas entre os mais assíduos representantes estão o meia do Tottenham Hotspur, Dele Alli, que, entre outras coisas, curte partidas de Fortnite...

E o brasileiro Wendell Lira, referência quando o assunto é FIFA.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol

Radar