Topo

Jogos mobile


"Pokémon Go" faz mais bem do que mal, explicam médicos

JÁ PENSOU COMO É JOGAR "POKÉMON GO" NO CEMITÉRIO?

Start

Do UOL, em São Paulo

16/08/2016 13h03

Desde o lançamento de "Pokémon Go", surgiram vários casos de jogadores comentando como o game os ajudou a iniciar uma rotina de exercícios, interagir com outras pessoas e até mesmo superar a depressão. Também não foram poucas as situações em que usuários distraídos se colocaram em situações de perigo, como ao dirigir jogando ou atravessar a rua sem prestar atenção ao redor. Afinal, "Pokémon Go" faz mais bem ou mal?

Segundo um artigo publicado no site britânico Medscape Medical News, voltado para profissionais da área médica, "Pokémon Go" traz mais benefícios a saúde do que os riscos que o jogo proporciona.

"A maioria dos aplicativos que promovem atividades saudáveis são voltados para pessoas que levam um estilo de vida saudável", explicou a clínica geral escocesa Dra. Margaret McCartney, colunista do site escocês BMJ . "Mas esse não é o público-alvo de 'Pokémon Go', e mesmo assim, os jogadores acabam fazendo muitas caminhadas". A médica escocesa comenta que ao sair para caçar Pokémon, os jogadores interagem com outras pessoas reais. "Nas nossas vidas modernas, todos precisamos de conexões com o mundo real, e a internet pode facilitar isso".

Outros benefícios citados por McCartney incluem os problemas que são evitados pela atividade ao ar livre incentivada pelo jogo. "Ataques cardíacos são prevenidos pelo exercício físico", explicou a médica. "Os 'geeks' também evitam a deficiência de vitamina D ao tomar um banho de sol enquanto capturam um Pikachu".

Riscos e benefícios

Para o professor de saúde global da Universidade de Washigton, Mohammad H Forounzanfar, PhD, pode ser que o game incentive as pessoas a levantarem do sofá e se tornarem mais ativas, mas "sua eficiência, segurança e sustentabilidade ainda precisam ser avaliadas".

Apesar de cauteloso, o professor norte-americano afirma que a tecnologia pode incentivar um estilo de vida mais sustentável e os aspectos positivos de "Pokémon Go" motivam as pessoas a praticarem atividades físicas ao mesmo tempo em que são recompensadas com a diversão proporcionada pelo jogo.

A médica escocesa McCartney também reconhece que existem riscos na hora de jogar "Pokémon Go", e por isso, é importante que os jogadores fiquem atentos aos arredores para não serem atropelados, assaltados ou invadirem propriedades privadas por descuido. Há casos registrados de jogadores no Reino Unido que ficaram presos em cavernas e tiroteios nos EUA quando jogadores foram confundidos com ladrões.

A Niantic, produtora do jogo, trabalha em atualizações para melhorar a segurança dos jogadores - como ao detectar que você está se movendo rápido demais e interromper o jogo com uma mensagem questionando se você é um passageiro (e não o motorista do carro).Com certeza, 'Pokémon Go' pode e deve ser mais seguro", concluiu a Dra. McCartney.

"Como outras coisas jogar o game traz uma mistura de risco e benefício. Mas o aumento da atividade física ao ar livre é um efeito colateral tentador. Vamos jogar!"

Mais Jogos mobile