Painel da Globoplay na CCXP 23 anuncia diversas novidades da programação

A Globoplay teve um painel exclusivo na tarde de hoje (3) no palco Thunder, um dos mais importantes da CCXP 23.

Conduzido por Sabrina Sato e Paulo Vieira, a apresentação contou com diversos convidados.

Abaixo, confira os destaques do painel.

Paulo Marinho, diretor-presidente da Globo, disse que a Globoplay conta com quase 3 bilhões de horas consumidas em 2023. "Maior plataforma brasileira e vem fazendo bonito entre tantas gigantes internacionais."

Ele ainda revelou que, só em 2023, foram 36 produções originais.

Gosto pessoal. "Sou um consumidor mix. Gosto muito de conhecer e explorar conteúdo. Quando me pega de jeito, eu gosto de explorar, mas prefiro série brasileira."

A gente vem apresentando produções com muita qualidade. Boa parte do consumo do Globoplay é de séries brasileiras. Conseguimos bater de frente com todos os streamings.

"Os outros"

Durante o painel, foi revelado que a segunda temporada de "Os Outros" contará com Lucas Paraíso, Luiza Lima e Luis Lobianco, com estreia para o segundo semestre de 2024.

Lobianco subiu ao palco e disse ter ido de "fã a funcionário". "A série era um assunto no set de 'Vai na Fé'."

Continua após a publicidade

Ele também contou detalhes sobre a segunda temporada, como aonde ela vai se passar. "É um condomínio de casas ricas que fica na mesma região do edifício, o que chamamos de Barra Profundas, com muitos espaços vazios. É um condomínio gigante, ele é um personagem, a história se passa toda ali. Mas também mostramos as entranhas, virtudes e conflitos."

Para os curiosos, um spoiler: aquele desaparecimento do final da primeira temporada será desvendado.

"Cilada"

Bruno Mazzeo e Débora Lahmm subiram ao palco para revelar que a nova temporada de "Cilada"chega ao Globoplay em maior de 2024.

"Era pra ser uma temporada comemorativa de 10 anos, mas veio a pandemia e viraram 14 anos."

Continua após a publicidade

"Renascer"

Antônio Calloni e Teresa Fonseca estiveram no painel e falaram sobre a releitura da novela, que promete ser ainda mais impactante.

"Por tudo que eu vi, vai ser lindo e o público vai gostar", disse Calloni.

Já Fonseca contou perrengues pelos quais passou. "Fui queimada por uma água-viva no meio das gravações e nem senti. Estava sendo tão especial que eu só notei no dia seguinte."

Segunda temporada de "Justiça"

A autora Manuela Dias e as atrizes Leandra Leal e Alice Wegmann marcaram presença e contaram que o novo ano de "Justiça" foi gravado em Ceilândia.

Continua após a publicidade

"É impossível falar de Justiça no país sem dar voz a quem foi injustiçado e silenciado no Brasil", disse Dias.

Já Leandra Leal falou sobre voltar à personagem de Kelly. "Foi incrível, ela continua com o mesmo humor, mas mais rica e realizada. Mais capeta. Ela é meio louca, mas tem bom coração, ela conquista."

Por fim, Wegmann comparou com o trabalho em "Rensga Hits". "Muito diferente. Comecei como fã, acho a melhor série do audiovisual brasileiro. Minha personagem Carolina é abusada pelo tio, a história é contada brilhantemente."

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes