Conteúdo publicado há 6 meses

Piora no quadro: o que se sabe sobre o estado de saúde de MC Marcinho

MC Marcinho, 45, teve uma nova piora no quadro clínico nas últimas 72 horas. Ele está com uma infecção generalizada.

O último boletim médico, divulgado hoje (23), diz que ele continua sob cuidados intensivos. "O paciente Marcio André Nepomuceno Garcia, internado no Hospital Copa D'Or desde o dia 27/06/2023, continua sob cuidados intensivos, com piora do quadro clínico nas últimas 72h. Ele permanece dependente do coração artificial, hemodiálise e ventilação mecânica", diz a nota.

No momento, ele não tem condições de fazer o transplante de coração indicado pelos médicos. A informação foi confirmada a Splash pela assessoria do artista.

Para receber um órgão transplantado, o paciente precisa ter condições mínimas de saúde. A equipe de Marcinho afirmou ainda que sua piora não necessariamente implica que o funkeiro tenha saído da fila do transplante — a assessoria aguarda um posicionamento dos médicos do músico.

Confira tudo que se sabe sobre o estado de saúde do artista:

MC Marcinho sofreu uma parada cardíaca em 10 de julho e precisou ser internado. Ele já tinha colocado um marca-passo, dispositivo que monitora e regula os batimentos cardíacos, em 2021.

O artista passou por uma cirurgia de implante do coração artificial e entrou na fila para o transplante de coração.

Desde então, o funkeiro já teve duas pioras no quadro e precisou de doações de sangue.

Ontem, Mauro Garcia, irmão de Marcinho, disse que é necessário "um milagre" para Marcinho ser curado.

Continua após a publicidade

Em março deste ano, o dono do hit "Glamurosa" disse que precisava realizar um procedimento cardíaco e que estava debilitado. "Tive que ficar ausente dos shows. Me desculpem os contratantes e o público, mas é que estou muito debilitado, não consigo nem andar direito", explicou em um vídeo publicado nas redes sociais.

À época, o músico também enfrentou dificuldades com o plano de saúde e pediu ajuda aos seguidores. "Tenho que fazer uma cirurgia no coração, a gente já deu entrada no plano de saúde, mas nada até agora". Ele conseguiu a autorização para o procedimento após o apelo público.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes