PUBLICIDADE
Topo

Pantanal

Tudo sobre a novela da Globo


Quanto custa a câmera analógica usada por Jove em 'Pantanal'?

Jove (Jesuita Barbosa) conseguiu fotografar Juma (Alanis Guillen) após muitos pedidos - Globo/João Miguel Júnior
Jove (Jesuita Barbosa) conseguiu fotografar Juma (Alanis Guillen) após muitos pedidos Imagem: Globo/João Miguel Júnior

Filipe Pavão

De Splash, no Rio

09/05/2022 04h00Atualizada em 09/05/2022 23h22

Apaixonado por fotografia, Jove (Jesuita Barbosa) ganhou uma câmera fotográfica da tia Irma (Camila Morgado) em "Pantanal". Desde então, gosta de fotografar tudo e todos ao seu redor, inclusive na região que dá nome à trama, onde chegou para visitar o pai, José Leôncio (Marcos Palmeira).

Na história, o personagem de Jesuita, que "lutou" para conseguir tirar fotos de Juma (Alanis Guillen) e beijá-la durante um banho de rio, usa uma câmera analógica, na qual a imagem fica armazenada em um filme negativo e só pode ser vista depois de revelada.

Mas qual é o modelo utilizado pelo personagem?

De acordo com o professor de fotojornalismo da PUC-RJ Weiler Finamore Filho, que analisou cenas da novela, Jove utiliza a câmera Leica M3. Na vida real, pode custar caro se você quiser adquiri-la.

Lançada em 1954, a câmera causou impacto no mercado por ser avançada para a época e ter um design atraente, mas deixou de ser fabricada oficialmente em 1967. Atualmente, ainda é um dos modelos clássicos mais desejados por colecionadores e pode custar até US$ 8 mil (cerca de R$ 40 mil na cotação atual), somente o corpo, em sites externos.

Mas por que é tão cara? O professor da PUC-RJ explica que a fama e qualidade da marca Leica vem desde o início do século XX quando "ganhou a credencial de ser um equipamento mais preciso, além de ter uma engenharia de peças mais robustas, que dão longevidade, e serem feitas a mão".

Ele ainda destaca que a marca adquiriu valor ao longo do século XX por ter sido usada durante a Segunda Guerra Mundial e por fotojornalistas que registravam o movimento hippie nos anos 60 e 70. Ao migrar do mundo analógico para o digital, também manteve a qualidade de seus produtos. Máquinas mais recentes da marca podem custar a partir de R$ 5 mil na loja oficial, o que pode variar de acordo com a cotação do momento.

Jove (Jesuíta Barbosa) ganhou câmera da tia Irma (Camila Morgado) - Dlobo/Divulgação - Dlobo/Divulgação
Jove (Jesuíta Barbosa) ganhou câmera da tia Irma (Camila Morgado)
Imagem: Dlobo/Divulgação

Duas câmeras

Na verdade, o personagem utiliza duas câmeras ao longo dos capítulos da trama adaptada por Bruno Luperi, neto de Benedito Ruy Barbosa. No entanto, o outro modelo é bem mais em conta: é uma Olympus Trip 35, que pode ser adquirida por cerca de R$ 400 em lojas virtuais de itens usados.

Produzida entre 1967 e 1984 pela japonesa Olympus, foi uma das câmeras compactas mais utilizadas da década de 1970. O nome "trip" (viagem em inglês) se refere ao público ao qual ela foi criada: pessoas comuns que queriam uma câmera pequena de fácil manuseio para viagens.

Apaixonado por fotografia, Jove (Jesuíta Barbosa) utiliza duas câmeras na novela - Globo/João Miguel Júnior - Globo/João Miguel Júnior
Apaixonado por fotografia, Jove (Jesuíta Barbosa) utiliza duas câmeras na novela
Imagem: Globo/João Miguel Júnior

Guta ameaça deixar Tadeu se o peão romper com José Leôncio

Mariana insiste em dizer que não vai para o Pantanal. José Lucas comenta com José Leôncio que ele foi muito duro com Tadeu. Zuleica fica estarrecida quando Marcelo revela que sabe que Guta é sua irmã. Jove discute com José Lucas por causa de Juma, e Tibério impede que os dois irmãos se agridam fisicamente. Tenório instiga Tadeu a brigar com José Leôncio e exigir do pai sua parte da herança em bois, prometendo ao peão parte das terras de sua fazenda. José Lucas diz a Tibério que irá tirar Juma da cabeça. Alcides acusa Tenório de querer se aproveitar de Tadeu para ganhar dinheiro. Guta ameaça deixar Tadeu se o peão romper com José Leôncio.