PUBLICIDADE
Topo

Pantanal

Tudo sobre a novela da Globo


Ator de Tibério vendia queijo em 'carro velho' antes de brilhar em Pantanal

Fernanda Talarico

De Splash, em São Paulo

20/04/2022 04h00

Guito, 37, vem chamando a atenção do público ao interpretar o peão violeiro Tibério na nova fase de "Pantanal". Par romântico de Muda (Bella Campos) e capataz de José Leôncio (Marcos Palmeira), o personagem fez com que a vida do mineiro formado em Agronomia mudasse da noite para o dia.

Nascido em Lavras, Minas Gerais, o agora ator fez carreira como executivo em grandes empresas do agronegócio, mas era pela arte que seu coração batia mais forte, mais especificamente pela música de viola — instrumento que toca desde jovem. "Me mudei para São Paulo a trabalho e, vivendo em um grande centro urbano, percebi que estava me distanciando dos meus propósitos", contou Guito em entrevista a Splash.

Meu sonho sempre foi voltar para a arte de alguma maneira.

Focado em retornar às origens, a vida do agrônomo teve a sua primeira reviravolta: "Eu pedi as contas e voltei para o interior. Fui focar no meu sonho, que era viver fazendo shows pelo Brasil." Para ajudá-lo em suas apresentações de viola pelo país, Guito comprou um "carro velho", como ele mesmo a qualifica: "Reconstruí uma Rural, de 1972, um carro velho mesmo, que fiz dele meu palco e minha casa".

No entanto, o artista conta que não conseguia se manter financeiramente apenas com o valor recebido pelos shows. "A solução foi encher a Rural de queijo da Serra da Canastra, vinhos e cachaça e vendê-los pelo Brasil."

Tudo ia bem até que o sonho foi interrompido pela pandemia de coronavírus. "Ela me quebrou, pois tive que cancelar shows. Então, eu vivi literalmente enchendo a minha Rural de produtos, de queijo, e fui vendendo de porta a porta, de cidade em cidade."

Mensagem Ignorada

A segunda reviravolta na vida de Guito aconteceu quando descobriu que um remake de "Pantanal" estava sendo produzido. Para ele, a produção de 1990 da Rede Manchete o moldou como pessoa. "Pode-se dizer que foi a primeira obra de arte que eu tenho memória", ele conta. "Eu me tornei engenheiro agrônomo por causa da novela. Comecei a gostar de viola por causa do Almir Sater e Sérgio Reis."

Ela me remete à minha família unida em volta da televisão e principalmente à figura do meu avô, que é o puro Velho do Rio.

Com tanto sentimento pelo folhetim da década de 90, a ideia de uma nova versão levou o ator a mandar uma mensagem no Instagram do autor de "Pantanal", Bruno Luperi, pedindo para que participasse da seleção para participar da novela. A resposta, no entanto, nunca veio e sua mensagem foi ignorada.

"Tive que provocar o acaso", relembra o ator. Para isso, Guito foi atrás de outros meios para conseguir chegar até a Rede Globo. "Eu tinha certeza que se eles me vissem, saberiam que não poderia ter alguém melhor do que eu."

"Encontrei a Priscila Lobo, que é uma pesquisadora de elenco da Globo. E aí começou a verdadeira novela, de um ano de duração. Mandei vários vídeos, ela mandava textos, eu devolvia com mais vídeos", recorda. "E ela foi sincera comigo, disse que havia mais de 500 nomes e que a decisão seria da cúpula da direção da Globo. Dias depois, veio a ligação dizendo que eu tinha sido aprovado."

Empolgado com o início das gravações, Guito se juntou a sua fiel escudeira, a Rural 1972, e dirigiu de Araxá, em Minas Gerais, até o Pantanal. "A Globo me ofereceu as passagens, mas eu já estava quase chegando." No entanto, para as filmagens que acontecem nos estúdios, no Rio de Janeiro, ele se viu obrigado a se separar do carro. "Mandei colocar tranca. Disseram que não era seguro ficar com ela no Rio de Janeiro sem trancas", explicou.

'Pantanal' faz parte da vida de Guito - Globo/João Miguel Júnior - Globo/João Miguel Júnior
'Pantanal' faz parte da vida de Guito
Imagem: Globo/João Miguel Júnior

Outro Personagem

Ser escolhido para interpretar Tibério foi um choque para Guito. De início, se identificava mais com Trindade, personagem vivido por Gabriel Sater, e caso não fosse possível, se contentaria apenas com uma participação. "Foi uma grande surpresa, porque o Tibério é um personagem muito importante."

Ele é um interlocutor entre os núcleos, uma voz sensata e humana, em todos os sentidos. É ele quem faz o primeiro contato com a Juma e quem tem uma boa relação com o Zé Leôncio.

A escolha foi encarada de maneira positiva também pelos amigos do ator. "Eles ficam me zoando, falam que não estou interpretando nada, apenas sendo eu mesmo. E o Tibério sou eu mesmo."

Para se preparar para o personagem, Guito tentou contato com Sérgio Reis, que interpretou o Tibério na versão original. "Mandei uma mensagem no Instagram, mas ele também não respondeu", contou.

Desafio

Tibério ( Guito ) - Globo/João Miguel Júnior - Globo/João Miguel Júnior
Guito vendia queijos em uma Rural de 1972
Imagem: Globo/João Miguel Júnior

Para Guito, a maior dificuldade no atual trabalho é "entender como eu posso entregar a atuação ao público". "Uma coisa é o que eu mostro para a câmera, outra é o que o público vê. É como na música: uma coisa é que eu canto, outra é o que as pessoas escutam."

Para superar os desafios, ele conta com a ajuda do elenco de "Pantanal", com quem tem "a melhor relação possível". "Me dou tão bem que estou dando essa entrevista na casa do Zé Loreto", revelou a Splash sobre a amizade com o intérprete de Tadeu na trama.

Futuro

O artista explica não estar acostumado ainda com a fama: "Ficou meio abobado". Mas ele espera que os frutos gerados pela exposição em "Pantanal" sejam positivos em sua vida como músico.

Eu gosto mesmo é dos palcos.


Mariana conversa com José Leôncio sobre a relação de Jove com Juma

O Velho do Rio diz a Juma que ela o trouxe de volta à vida. Mariana diz a Irma que notou os olhares que ela e Trindade trocaram durante a cantoria. Guta revela a Marcelo que o pai deles é um grileiro e suspeita de que Juma e Alcides saibam mais de Tenório do que eles. Mariana pergunta a Jove se ele acha possível Madeleine estar viva. Trindade pede a Irma que arrume um barco para eles ficarem sozinhos, sem ninguém por perto. Zuleica está preocupada com Marcelo. Mariana conversa com José Leôncio sobre a relação de Jove com Juma.

Mariana conversa com José Leôncio sobre a relação de Jove com Juma

O Velho do Rio diz a Juma que ela o trouxe de volta à vida. Mariana diz a Irma que notou os olhares que ela e Trindade trocaram durante a cantoria. Guta revela a Marcelo que o pai deles é um grileiro e suspeita de que Juma e Alcides saibam mais de Tenório do que eles. Mariana pergunta a Jove se ele acha possível Madeleine estar viva. Trindade pede a Irma que arrume um barco para eles ficarem sozinhos, sem ninguém por perto. Zuleica está preocupada com Marcelo. Mariana conversa com José Leôncio sobre a relação de Jove com Juma.