PUBLICIDADE
Topo

Chico Barney

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Novo programa de Ivete Sangalo na Globo estreia com erro grave

Ivete Sangalo comandará o "Pipoca da Ivete" a partir de 24 de julho - Fábio Rocha / Globo
Ivete Sangalo comandará o 'Pipoca da Ivete' a partir de 24 de julho Imagem: Fábio Rocha / Globo
só para assinantes
Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Colunista do UOL

07/07/2022 04h00

Acompanho empolgado os preparativos para a estreia do novo projeto da principal cantora do Brasil na Globo. Pipoca da Ivete tem tudo para ser uma lufada de ar fresco na programação dominical da TV brasileira.

Fico feliz especialmente com as promessas de que não teremos muitas novidades. Sangalo pretende solidificar sua presença na nova função de apresentadora levando ao público formatos já bem conhecidos. Imprimir sua marca pelo carisma, não por invencionices.

Foi a receita que deu certo para Marcos Mion no Caldeirão, por exemplo. Um programa de auditório sem nenhum constrangimento de ser o que é. Como diferencial, apenas um bom humor simplesmente irrefreável.

Uma telespectadora do Central Splash chamou atenção para o fato de que até pompons a plateia vai erguer para festejar junto com Ivete e seus convidados —como acontecia nas melhores fases do Programa Silvio Santos e congêneres.

Tivemos a oportunidade de perceber esse agradabilíssimo detalhe por conta de um vídeo do colunista Lucas Pasin, que acompanhou parte das gravações do primeiro episódio do novo programa, que deve ir ao ar no dia 24 deste mês.

E é justamente aí que entra o problema que este texto pretende denunciar. Como pode uma atração dessa envergadura ser previamente gravado? A programação de domingo da TV brasileira precisa voltar a ser ao vivo!

Basta ver como fez bem o calor do momento na excelente final da Dança dos Famosos, primeira apresentada dentro do novo Domingão com Huck. Essa temperatura muda completamente a experiência.

Um bom programa de auditório no século 21 precisa se conectar àqueles que estão presentes no estúdio, mas também se fazer valer das diversas possibilidades de interação com quem está no aconchego do lar. Evitar esse subterfúgio no Domingão, no Caldeirão e agora na Pipoca da Ivete é um erro que precisa ser corrigido.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.