PUBLICIDADE
Topo

Bolo fofinho de tangerina é feito com a fruta inteira; aprenda a receita

Fácil de fazer, esse bolo é daqueles para a guardar receita e nunca mais esquecer - Giuliana Nogueira
Fácil de fazer, esse bolo é daqueles para a guardar receita e nunca mais esquecer Imagem: Giuliana Nogueira

Gabrielli Menezes

De Nossa

24/02/2021 04h00

Janine Vieira

Janine Vieira

QUEM É

Ela cresceu em meio ao restaurante e à padaria da família na Chapada Diamantina. Veio para São Paulo mais tarde estudar confeitaria e trabalhar com cozinha. Hoje, faz delícias sob encomenda que conquistaram até Paola Carosella.

Os caroços e as fibras presentes no centro de cada gomo são dispensados. Mas é só: todo o restante da tangerina — inclusive a casca — é aproveitada nesse perfumado bolo da fruta.

Os líquidos são batidos no liquidificador e depois misturados com farinha peneirada e fermento antes de ir ao forno. O processo simples resulta num bolo fofinho e leve.

A receita é daquelas que valem ser anotadas no caderno ou "favoritadas" em alguma pasta do celular. Confira as instruções completas no link abaixo.

Bolo de tangerina

Dificuldade Fácil
1 porções
120 min
Ver receita completa

A criadora da sobremesa é Janine Vieira, confeiteira da Chapada Diamantina que mora em São Paulo há 5 anos. Ligada às origens, ela gosta de trabalhar com ingredientes nacionais ou sazonais, caso da tangerina, cuja safra brasileira acontece de maio a agosto.

Janine Vieira - bolo de tangerina Eu Mereço - Kazuo Kajihara - Kazuo Kajihara
A escolha da fruta: opte pelas menores e mais durinhas
Imagem: Kazuo Kajihara

Poncãs e mexericas são duas variedades da tangerina, planta originária da Ásia e que chegou no Brasil no fim do século 19. A mexerica atende por vários nomes: bergamota (ou vergamota) no Rio Grande do Sul, mimosa para os curitibanos e tanja para o pessoal do Piauí e Maranhão.

Independentemente das nomenclaturas, a dica de Janine é escolher na feira, no mercado ou no quintal tangerinas firmes, pequenas e que tenham a casca grudadinha no gomo.

Fica mais fácil para extrair o líquido já que não precisamos separar a casca do bagaço na receita".

Na hora de servir, quem quiser dar destaque para os pedacinhos de casca pode virar o bolo ao contrário. Sem a casquinha dourada de forno, é mais fácil de ver os charmosos pontinhos laranjas.

Bolo de tangerina - Eu Mereço - Giuliana Nogueira - Giuliana Nogueira
Bolo ao contrário: destaca mais os pedaços das cascas
Imagem: Giuliana Nogueira

Cacau é a cereja desse bolo

Se você acha que a cobertura é indispensável, siga a sugestão da profissional e aposte em caldas de chocolate. "Harmoniza muito bem".

Para equilibrar a quantidade de açúcar, fique com um brigadeiro preparado com cacau 100% ou com ganache feito com chocolates que levam de 50 a 70% do fruto.

Se preço não for um empecilho, vale investir em opções artesanais que valorizam o cacau da Amazônia.

Bons doces por encomenda

Janine Vieira - bolo de tangerina Eu Mereço - Kazuo Kajihara - Kazuo Kajihara
Janine: da Chapada Diamantina para São Paulo
Imagem: Kazuo Kajihara

O gosto de Janine pela cozinha começou lá na Chapada Diamantina. A mãe é dona de um restaurante e a tia, de uma padaria. "Eu estava sempre ajudando elas. Como minha mãe trabalha com cozinha quente e minha tia com pães, via que faltava alguém para fazer os doces. Foi a partir dessa vontade de 'acrescentar' que comecei a preparar sobremesas no restaurante da minha mãe".

Em 2016, Janine decidiu mudar-se para mais de 1.300 quilômetros de distância para se especializar em confeitaria no Senac de São Paulo. Ao concluir o curso, logo entrou no quadro de funcionários do restaurante La Frontera, que fechou as portas em abril de 2020 em decorrência da pandemia.

Comecei, então, a fazer doces em casa sob encomenda para os clientes do restaurante e para algumas pessoas que já conheciam o meu trabalho. Deu super certo e hoje uso o meu nome como marca".

Entre as guloseimas do cardápio estão os bolos de tangerina que estrela essa matéria e de arroz, receita afetiva de família. A clientela de peso inclui até a chef e ex-jurada do MasterChef, Paola Carosella, que encomendou um de chocolate para comemorar o aniversário de 48 anos, no ano passado.

"A Paola era cliente do La Fronteira e tem uma relação quase familiar com a dona, Ana Massochi. No início da pandemia, ela me encomendou coisas para um chá da tarde e divulgou fotos dos doces. No aniversário dela, produzi o bolo e ela colocou no Twitter. Foi bem legal!".

Saiba mais

Quer aprender as receitas básicas da culinária e da confeitaria? Não perca a série Gastronobásico no YouTube de Nossa. São vídeos rápidos e práticos sobre as principais técnicas e receitas, como a do pão de ló: