PUBLICIDADE
Topo

Macaron mais fácil: tiktoker "traduz" preparo do desafiador docinho francês

Macarons enganam quem vê: são bonitinhos, mas desafiadores - Arquivo pessoal
Macarons enganam quem vê: são bonitinhos, mas desafiadores Imagem: Arquivo pessoal

Gabrielli Menezes

De Nossa

20/04/2022 04h00

Laís Cintra

Laís Cintra

QUEM É

Ela tem rodinhas nos pés. Morou em várias cidades, inclusive em Dublin, onde ficou 6 anos. Em 2020, o plano do sabático viajando foi frustrado pela pandemia. No tédio, tornou-se tiktoker fazendo o que sabe desde pequena: cozinhar.

"Fácil" é uma palavra que jamais poderia ser usada para definir um macaron. Mas dá para dizer que Laís Cintra traduziu nos máximos detalhes a receita que ela aprendeu na Le Cordon Bleu, prestigiada escola de cozinha em Paris.

"O macaron é o símbolo da confeitaria francesa. Prepará-lo é um grande desafio. Todo mundo tem medo porque muita coisa pode dar errado rápido", revela a influencer de gastronomia, que chegou a trabalhar com doces num restaurante em Dublin.

Ela compartilhou com Nossa como fazer em casa a massa de farinha de amêndoas, que pode ganhar os mais diversos recheios — geralmente usa-se ganache de frutas ou chocolates — e cores.

A base é sempre a mesma. Os sabores diferentes ficam por conta do recheio. As opções são infinitas".

Macarons | Eu Mereço - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Macaron colorido conforme o gosto, mas sempre com corante em pó
Imagem: Arquivo pessoal

Antes de acessar a receita, veja dicas importantes:

  • Use sempre corante em pó. A versão em líquido e em gel desanda a massa;
  • Compre uma balança e um termômetro culinário ou tire-os da sua gaveta. Macaron exige precisão;
  • Inspire-se nos franceses e faça o "mise en place", que quer dizer deixar todos os ingredientes separadinhos em suas devidas quantidades;
  • Antes de fazer o merengue italiano, limpe todos os utensílios com suco de limão. "A gordura é o inimigo número um do merengue";
  • Ao juntar os ingredientes secos ao merengue, evite mexer muito para que a massa não fique mole. Isso pode impedir o crescimento do macaron.

Confira a receita completa por escrito clicando na imagem abaixo:

Macaron

Dificuldade Médio
80 porções
16 min
Ver receita completa

Tiktoker na pandemia

Em 31 anos, Laís Cintra coleciona algumas experiências de vida. Nasceu em Araçatuba, no interior paulista, e morou em quatro cidades do Mato Grosso: Alta Floresta, Pontes e Lacerda, Cuiabá e Campo Verde.

Macarons | Eu Mereço - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Laís na Le Cordon Bleu: realizando o sonho do macaron-próprio
Imagem: Arquivo pessoal

A lista fica completa com Dublin, onde ficou por seis anos, de 2014 a 2020, e São Paulo, onde começou a faculdade de fonoaudiologia na USP no passado e agora vive desde que a pandemia interrompeu os seus planos de viajar a América do Sul num ano sabático.

Nessa pausa forçada, o tédio tomou conta da rotina. Ela conta qual foi a solução: "no segundo mês, resolvi baixar o TikTok. Sem pretensão nenhuma, comecei a fazer vídeos enquanto fazia meu almoço, um bolinho para o lanche da tarde?"

Em poucas publicações, o algoritmo trabalhou a favor da divulgação de Laís, que não parou de alimentar a rede social com quitutes, guloseimas e destinos turísticos. "Fui ganhando seguidores rápido e, aos poucos, aprendendo a gravar e editar. Comprei novos equipamentos para melhorar a qualidade".

A habilidade e gosto pela cozinha vieram da família italiana, que sempre se reunia ao redor da mesa e dava a devida importância ao fogão. Laís, que já sabia fazer bolo e brigadeiro aos 8 anos, teve outra "professora": Ana Maria Braga. "Sempre assistia ao programa dela e anotava tudo com a letra bem torta e vários erros de português".

Me lembro que fazia um biscoitinho que dava errado sempre. Devo ter anotado alguma coisa diferente. Mesmo assim, repeti várias e várias vezes".

Macarons | Eu Mereço - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Macarons branquinhos...
Imagem: Arquivo pessoal
Macarons | Eu Mereço - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
... ganham a cor que quiser
Imagem: Arquivo pessoal

Durante a estadia na Irlanda, Laís conseguiu se aproximar da cozinha profissional. Trabalhou como chef-confeiteira e teve aulas na Le Cordon Bleu, em Paris, onde realizou o sonho do macaron-próprio.

Os conteúdos que mais geram buzz, no entanto, são os mais simples e que replicam pratos do cinema e da TV. A "CEO das receitas de séries e filmes", como a própria Laís se coloca, angariou 1,5 milhão de seguidores no TikTok. "Meu perfil está crescendo cada dia mais e estou muito feliz com o carinho que recebo".