PUBLICIDADE
Topo

Bolo pé de moleque é uma tradição junina no Ceará. Veja passo a passo

bolo de pé de moleque - Divulgação
bolo de pé de moleque
Imagem: Divulgação

Cíntia Marcucci

Colaboração para Nossa

01/07/2020 04h00

Rodrigo Duarte

Rodrigo Duarte

QUEM É

Natural de Fortaleza (CE), o youtuber divide o tempo entre o emprego como assessor de comunicação e seu canal Vixe Que Fome, em que ensina receitas de todos os tipos, principalmente as regionais e da época de São João

Há várias receitas populares da culinária nacional que mudam de nome ou de cara conforme a região do Brasil. Nas festas juninas, você pode comer mingau no Pará, mugunzá nos estados do Nordeste ou canjica no Sul e Sudeste.

Todos são feitos basicamente com o milho branco quebrado, açúcar e leite ou água. Com o pé de moleque é o inverso: o mesmo nome para receitas bem diferentes.

"Eu fiquei surpreso quando descobri que em São Paulo pé de moleque é uma lajotinha de amendoim e caramelo. Aqui no Ceará é nome de um bolo que leva rapadura e castanha de caju, minha mãe é fissurada nele, tem por toda a cidade e a gente come nessa época de São João", explica o youtuber Rodrigo Duarte, do canal Vixe que Fome, que compartilha a receita com Nossa.

Rodrigo começou a postar vídeos de receitas em 2016 e teve um boom de acessos quando fez seu primeiro especial de festas juninas no ano seguinte. "Todo mundo adora e pede mais, então sempre faço novas receitas", conta.

Amor e comida de mãos dadas

Apesar de ter uma família "boa de garfo", o youtuber não pensava em se dedicar à cozinha. Tudo mudou quando Rodrigo conheceu seu namorado e percebeu que tudo em um romance girava em torno de comida.

"A gente ia sair e pensava onde ia jantar, o que iria comer ou o que iriamos cozinhar juntos na casa dele. Isso me deu um estalo e percebi o quanto gostava mesmo de falar sobre receitas", diz.

Mais docinhos de Rodrigo Duarte

Quando foram morar juntos, um dos cômodos se transformou em uma "cozinha estúdio". Aos poucos, eles compraram todos os materiais e equipamentos, fizeram a reforma sozinhos e hoje é de lá que saem as receitas do Vixe que Fome.

Rodrigo Duarte, do canal Vixe que Fome, e seu bolo de pé de moleque - Divulgação - Divulgação
Rodrigo Duarte, do canal Vixe que Fome, e seu bolo de pé de moleque
Imagem: Divulgação

Rodrigo continua trabalhando como assessor de comunicação e o canal é uma outra ocupação que ele trata com todo o cuidado. "Faço pesquisas, busco receitas regionais, tento entender se os ingredientes são fáceis de achar e se tem outros jeitos de fazer o que ensino. Esse bolo, por exemplo, não posso dizer que é superfácil, mas é muito típico daqui e quem fizer não vai se arrepender."