PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Juca: Corinthians precisa colocar a casa em ordem e investir na garotada

Do UOL, em São Paulo

21/02/2021 04h00

O Corinthians viu reduzidas as suas chances de se classificar para a fase preliminar da Copa Libertadores ao ser derrotado pelo Santos no clássico da última quarta-feira, passando a depender agora de tropeços do rival e também do Athletico-PR, além de vitórias no jogo de hoje, contra o Vasco, e da próxima quinta-feira, contra o Internacional, para poder ficar com o oitavo lugar do Brasileirão.

No podcast Posse de Bola #101, Juca Kfouri afirma que para o clube alvinegro a Copa Sul-Americana pode ser até melhor negócio que a Libertadores, com a necessidade de a direção priorizar a resolução das pendências financeiras, mesmo que isso faça com que o time não possa ter grandes ambições competitivas nas próximas temporadas.

"Dentro da mediocridade, eu acho que não tem muito o que escolher. Vamos de novo repisar aquilo que o Corinthians precisa fazer. O Corinthians não está em condições financeiras de pensar em nada que vá além, eventualmente, por causa do regulamento, do mata-mata e da fase final, pensar em um Paulistinha ou numa Copa Sul-Americana, que é melhor negócio para o Corinthians do que a Libertadores, porque na Libertadores ele morreria provavelmente na pré-Libertadores, na Sul-Americana é capaz até chegar", afirma Juca.

"Agora, o que o Corinthians tem que fazer? O Corinthians não pode fazer contratações, o Corinthians não pode gastar dinheiro com um tético top, o Corinthians tem que viver a sua realidade, que é a de clube endividado, e tentar botar a casa em ordem, para pensar daqui 2, 3 anos, em se tornar autossustentável. Por enquanto, é o que o Corinthians tem que fazer, tem que falar com franqueza com o seu torcedor, para que ele não espere mais do que o time do Corinthians possa fazer", completa.

O jornalista também chama a atenção para a aposta em jogadores das categorias de base, o que fez com que o Fluminense pudesse estar garantido na Libertadores mesmo com um elenco modesto, assim como o os jovens recém-promovidos foram fundamentais no título continental do Palmeiras.

"Tem que investir na garotada, na categoria de base, olha o Fluminense, o Fluminense está chegando e pode até beliscar uma vaga no G4. Como? Com a garotada. Olha o próprio Palmeiras, o que o Palmeiras teve de melhor nessa temporada? Tirante o Weverton, que está numa fase exuberante, mas o Gabriel Menino, o Patrick de Paula, os garotos", diz Juca.

"Essa é a situação do futebol brasileiro, pelo menos da maioria, e não pode ser diferente em relação ao Corinthians. Agora, se você me perguntar, se eu acho que é isso o que o Corinthians vai fazer, não, eu não acho, porque, infelizmente, a oportunidade que o Corinthians tinha de trilhar este caminho perdeu na eleição ao eleger mais do mesmo, ao reeleger o que já estava hei anos e que levou o Corinthians à situação em que o Corinthians está", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol