Topo

Valverde não condena vaias ao Barcelona após empate pela Champions

"Está certo que o público exija do time", limitou-se o dizer o comandante do Barça após 0 a 0 - AP Photo/Manu Fernandez
"Está certo que o público exija do time", limitou-se o dizer o comandante do Barça após 0 a 0 Imagem: AP Photo/Manu Fernandez

Da EFE, em Barcelona (Espanha)

05/11/2019 17h57

O técnico Ernesto Valverde não perdeu a compostura nesta terça-feira, em entrevista coletiva, ao comentar as vaias dos torcedores do Barcelona pela exibição da equipe no empate com o Slavia Praga em 0 a 0, no estádio Camp Nou, pela quarta rodada do grupo F da Liga dos Campeões.

"Está certo que o público exija do time", limitou-se o dizer o comandante 'blaugrana'.

O Barça tropeçou na competição continental apenas três dias após a derrota para o Levante por 3 a 1, pelo Campeonato Espanhol. Por causa da sequência de maus resultados, Valverde pediu que os comandados entreguem o máximo na sequência da temporada.

"Não foi uma das nossas melhores partidas, apesar da forma como eles jogaram. Há muita pressão sobre a equipe e temos que responder", garantiu o comandante.

Com o resultado de hoje, o time catalão chegou aos oito pontos no grupo F e garantiu a liderança da chave até o fim da rodada, já que Borussia Dortmund e Inter de Milão, que se enfrentam na Alemanha, estão com quatro. O Slavia Praga, por sua vez, segue na lanterna, com dois pontos.

Manifestantes pedem independência da Catalunha em Barcelona

Band Notí­cias

Barcelona