PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Gamrot supera Tsarukyan em batalha de alto nível na luta principal do UFC

O lutador polonês Mateusz Gamrot - Reprodução/Twitter/@gamer_mma
O lutador polonês Mateusz Gamrot Imagem: Reprodução/Twitter/@gamer_mma

Ag. Fight

26/06/2022 02h35

Quando o UFC anunciou o choque entre Mateusz Gamrot e Arman Tsarukyan, os fãs de MMA se animaram por causa da qualidade e do estilo de luta ofensivo da dupla. E, neste sábado (25), em Las Vegas (EUA), os atletas confirmaram tal expectativa, pois proporcionaram um espetáculo de alto nível no octógono. As promessas do peso-leve (70 kg) da companhia protagonizaram uma verdadeira batalha de cinco rounds, mas, no fim, o polonês levou a melhor por decisão unânime.

Com a vitória, Mateusz Gamrot, de 31 anos, segue em sua escalada rumo ao topo do peso-leve do UFC. O polonês, ex-campeão do KSW, venceu a quarta luta seguida na maior organização de MMA do mundo. Sendo assim, 'Gamer' deve se aproximar do top-10 da categoria ou até, quem sabe, integrar o seleto grupo. Na companhia, o profissional nocauteou Carlos Diego Ferreira e Scott Holtzman, finalizou Jeremy Stephens e superou Arman Tsarukyan.

A luta

A luta foi frenética. Tsarukyan iniciou com chutes e depois tentou a queda, mas Gamrot defendeu. Em seguida, o polonês também tentou o grappling, porém foi recusado pelo rival. Na trocação, Tsarukuan estava mais afiado e ainda conseguiu quedar. Contudo, Gamrot teve sucesso na raspagem. Com a luta de volta em pé, Tsarukyan levou perigo ao aplicar um chute alto no oponente. Como resposta, o polonês acertou um direto. No final do primeiro round, os atletas voltaram a trocar posições no solo.

No segundo assalto, Gamrot iniciou no ataque. O polonês adotou uma postura mais agressiva e apostou nos socos, enquanto Tsarukyan optou pelos chutes. Arman tentou quedar o polonês, mas este defendeu e aproveitou para dar socos no oponente. Em pé, Tsarukyan acertou uma sequência, mas Gamrot também levou perigo com um direto. Os atletas não diminuíram o ritmo e trocaram golpes poderosos, com Arman tocando mais no adversário.

A terceira parcial não foi diferente. Mais rápido, Tsarukyan seguiu aplicando chutes. Gamrot não se intimidou e passou a apostar no grappling para conter o rival. Após se defender, Arman perseguiu o adversário no octógono e desferiu alguns socos. Por sua vez, Gamrot retribuiu da mesma forma. O quarto round também teve bastante ação. Tsarukyan castigava o oponente com chutes na perna e na linha de cintura. Já Gamrot acertou o adversário com um bom direto. Em seguida, Arman abalou o rival com uma cotovelada giratória, que foi ao chão. No entanto, Gamrot logo se recuperou e quedou Tsarukyan. Arman voltou a machucar o polonês com um chute na linha de cintura, porém Gamrot ignorou o poder do golpe, quedou o mesmo, pegou suas costas e quase o finalizou.

Nos últimos cinco minutos de luta, Tsarukyan derrubou Gamrot com um chute baixo, que logo se levantou. O duelo estava tão intenso, que os atletas se acertaram ao mesmo tempo com socos. Dono de um grappling de qualidade, o polonês tentou a queda e, novamente, pegou as costas de Tsarukyan, mas perdeu a posição. O embate seguiu disputado, com Arman e Gamrot trocando golpes com tudo. Na reta final, Tsarukyan voltou a chutar o adversário. Gamrot respondeu com a queda, mas não conseguiu atacar. Após 25 minutos de batalha, os juízes laterais deram a vitória para Gamrot por decisão unânime.

Confira abaixo os resultados do UFC Vegas 57:

Mateusz Gamrot venceu Arman Tsarukyan por decisão unânime;
Shavkat Rakhmonov finalizou Neil Magny no 2º round;
Josh Parisian nocauteou Alan Baudot no 2º round;
Thiago Moisés finalizou Christos Giagos no 1º round;
Umar Nurmagomedov venceu Nate Maness por decisão unânime;
Chris Curtis venceu Rodolfo Vieira por decisão unânime;
Carlos Ulberg nocauteou Tafon Nchukwi no 1º round;
Shayilan Nuerdanbieke venceu TJ Brown por decisão unânime;
Sergey Morozov venceu Raulian Paiva por decisão unânime;
Cody Durden nocauteou JP Buys no 1º round;
Mario Bautista finalizou Brian Kelleher no 1º round;
Vanessa Demopoulos venceu Jinh Yu Frey por decisão dividida.

MMA