PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Borrachinha exalta importância do irmão por suprir perda do pai aos 17 anos

Paulo Borrachinha, durante a pesagem do UFC 253 - Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images
Paulo Borrachinha, durante a pesagem do UFC 253 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

Ag. Fight

26/09/2020 08h00

Paulo 'Borrachinha' encara hoje Israel Adesanya na luta principal do UFC 253, pelo cinturão peso-médio (84 kg), na 'Ilha da Luta', em Abu Dhabi (EAU). Durante toda a trajetória do lutador mineiro rumo ao maior desafio de sua carreira, uma figura foi fundamental, tanto em sua vida particular como na pessoal, para que ele estivesse a um passo de atingir o seu objetivo.

Bastante reservado com sua vida pessoal, especialmente com este assunto, 'Borrachinha' revelou - em entrevista a Rodrigo 'Minotauro' para o canal do 'Youtube' do UFC - que perdeu o pai aos 17 anos de idade. Com isso, o lutador teve em seu irmão mais velho, Carlos 'Borracha', o mentor que precisava para finalizar sua formação como ser humano, além do principal incentivador de sua carreira.

"Meu irmão teve esse papel. Até hoje eu acho que ele tem esse papel também de ajudar a suprir a falta do pai. Ele me ajuda muito, me dá muito suporte, como se fosse meu pai, como se meu pai estivesse vivo. Então, eu sou muito grato a ele também", contou 'Borrachinha', que também conta com a ajuda do irmão para afiar o seu jiu-jitsu nos camps de preparação para seus combates.

Invicto no MMA profissional após 13 combates disputados, Paulo 'Borrachinha' enfrenta Israel Adesanya, em disputa pelo cinturão peso-médio (84 kg) do UFC, hoje no main event da edição 253 da companhia, na 'Ilha da Luta', em Abu Dhabi (EAU). O card terá início às 23h (de Brasília).

Entre seus triunfos, o mineiro possui 11 via nocaute, um por finalização e um por pontos. Também sem derrotas no currículo, o nigeriano venceu todos os seus 19 confrontos na modalidade até o momento.

MMA