PUBLICIDADE
Topo

MMA


Amanda Ribas dá show e vence Paige no 1º round; Bate-Estaca perde revanche

Aos 26 anos, a promissora atleta mineira acumulou sua quarta vitória na organização - Jeff Bottari/Zuffa LLC via USA TODAY Sports
Aos 26 anos, a promissora atleta mineira acumulou sua quarta vitória na organização Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC via USA TODAY Sports

Natassia del frate, em Abu Dhabi (EAU)

Ag. Fight

12/07/2020 00h09

Primeira luta do card principal do UFC 251, evento realizado neste sábado (11), em Abu Dhabi, Amanda Ribas vs Paige VanZant era considerada a grande "barbada" da noite nas casas de apostas nos EUA. Grande favorita, a brasileira não demorou muito para provar que índices estavam certos.

Depois de rápido estudo em pé, Amanda clinchou, desferiu duas joelhadas na barriga da americana e aplicou uma queda de judô. Por cima, após tentar golpear a oponente, a brasileira aproveitou uma tentativa de Paige de pegar suas costas para pular por cima e encaixar uma chave-de-braço.

Sem opções, VanZant deu os três tapinhas para desistir do confronto que pode ter sido sua última apresentação no octógono mais famoso do mundo. Sem mais contrato com o evento, a atleta reclamou publicamente que do salário recebido e parece disposta a conversar com outras organizações antes de pensar em renovar com o Ultimate.

Vencedora da noite, Amanda se emocionou ao ter seu braço levantado. Aos 26 anos, a promissora atleta mineira acumulou sua quarta vitória na organização.

A revanche

O reencontro entre Jéssica 'Bate-Estaca' e Rose Namajunas contou com uma batalha completamente diferente da primeira. Melhor em pé, a brasileira equilibrou as ações na troca de golpes e pouco buscou o combate no solo. E esse cenário favoreceu a americana, que foi superior nos primeiros assaltos, quando mostrou grande técnica e jogo de pernas.

No primeiro assalto, Jéssica cumpriu o prometido e se movimentou muito mais do que no primeiro encontro com a americana. Balançando a cabeça a todo instante, a brasileira desviou de diversos golpes e equilibrou as ações em pé. No entanto, a envergadura de Rose e seus precisos jabs garantiram vantagem mínima. Namajunas 10 vs 9 'Bate-Estaca'.

O segundo round contou com o mesmo ritmo de combate. 'Bate-Estaca' caminhando para frente, esquivando da maioria dos golpes da rival e apostando em fortes cruzados, principalmente de esquerda. No entanto, a partir da segunda metade dos cinco minutos, a americana encontrou o tempo de ataque da rival e passou a conectar curtas sequências de jabs e diretos. Jéssica, com o nariz sangrando, levou a pior mais uma vez. Namajunas 20 x 18 'Bate-Estaca'.

Ciente da vantagem, Rose usou seu rápido jogo de perna para caminhar ao longo do octógono e tentar evitar a luta franca. No entanto, Jéssica partiu para o ataque e com fortes cruzados fez sangrar o nariz da oponente. Nos minutos finais, uma troca franca de golpes deixou clara a vantagem física da brasileira, que deixou o rosto da ex-campeã desfigurado. Ao final dos três assaltos, melhor para a americana. Namajunas 29 x 28 'Bate-Estaca'.

Acompanhe os resultados do UFC 251:
Rose Namajunas venceu Jéssica 'Bate-Estaca' por decisão dividida;
Amanda Ribas finalizou Paige VanZant no 1º round;
Ji?í Procházka nocauteou Volkan Oezdemir no 2º round;
Muslim Salikhov venceu Elizeu 'Capoeira' por decisão dividida;
Makwan Amirkhani finalizou Danny Henry no 1º round;
Leonardo Santos venceu Roman Bogatov por decisão unânime;
Marcin Tybura venceu Maxim Grishin por decisão unânime;
Raulian Paiva venceu Zhalgas Zhumagulov por decisão unânime;
Karol Rosa venceu Vanessa Melo por decisão unânime;
Davey Grant nocauteou Martin Day no 3º round.

MMA